PUBLICIDADE
Jornal

Assalto a escola no Álvaro Weyne causa pânico

07/06/2017 01:30:00
A Polícia investiga roubo registrado na Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no bairro Álvaro Weyne, na manhã de ontem. Um funcionário, que não se identificou, disse que quatro criminosos tentaram invadir a instituição de ensino e um deles conseguiu entrar enquanto o porteiro abria a porta para um aluno. “Um só conseguiu, mas ele promoveu pânico na secretaria da escola. Levou celular e dinheiro”, relatou.

 

Conforme a fonte, dois professores chegaram a pular o muro da garagem da escola, em fuga, com medo. Eles ficaram com escoriações. O funcionário disse que, durante o assalto, os alunos faziam a prova para a Olimpíada Brasileira de Matemática, mas, como as salas ficam no andar de cima da unidade, os estudantes não teriam percebido a ação. Os assaltantes fugiram em duas motocicletas.


Na unidade não existe vigilância especializada ou câmeras de segurança.


Segundo nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ontem à tarde as diligências continuavam para identificar e prender os envolvidos. Conforme o órgão, o caso vai permanecer com o 1º Distrito Policial, localizado no Monte Castelo.


Conforme nota da Secretaria Municipal da Educação (SME), boletim de ocorrência foi registrado e a pasta “está oferecendo apoio aos órgãos competentes para apuração do caso”. “A Célula de Segurança Escolar, que realiza um trabalho preventivo em parceria com a Guarda Municipal, está dando suporte à unidade”. A SME informou que a escola tem serviço de portaria e “a contratação de novas câmeras de segurança está em fase de licitação”. As aulas na unidade serão normalizadas hoje.


Outro caso

No dia 24 de abril, anexo do Centro de Educação de Jovens e Adultos de Pacajus, que fica em Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza), foi assaltado. Na ação, os criminosos se aproveitaram do momento da entrada do pai de um aluno para invadir o colégio.

Adriano Nogueira

TAGS