PUBLICIDADE
Jornal

Maioria das mortes de pedestres em acidentes na Capital envolve idosos

09/05/2017 01:30:00
Motociclistas e pedestres são as maiores vítimas do trânsito em Fortaleza. Nos atropelamentos, pessoas com 60 anos ou mais são as que mais morrem. Dos que guiam motos, vítimas estão principalmente entre 18 e 59 anos. Conforme dados da Bloomberg Philanthropies, parceira da Prefeitura, das 126 mortes no trânsito, 43% eram motociclistas. Foram 55 mortos, 29 com 30 a 59 anos, além de 22 pessoas com 18 a 29 anos.

 

Pedestres representam 32,5% das mortes. Das 41 vítimas, 21 tinham 60 anos ou mais. Até 2015, mortes de pedestres superavam as de motociclistas. Luiz Alberto Sabóia, secretário-executivo da Conservação e dos Serviços Públicos, informou que a maior concentração de acidentes com motos ocorre em avenidas como Francisco Sá, José Bastos e Osório de Paiva.

Adriano Nogueira

TAGS