VERSÃO IMPRESSA

Curso no fórum reúne 20 casais interessados em adotar

01:30 | 05/04/2017
Vinte casais participaram do curso de ontem. O técnico Paulo Rodrigo de Brito, 36, e a esposa era um deles. Cheio de ansiedade e dúvidas, Paulo confessa que o desejo sempre foi de ter um filho de forma biológica. Porém, o diagnóstico duro dos médicos confirmou a impossibilidade. “Me casei há três anos e a gente vinha sempre tentando. Não foi fácil aceitar, mas depois a possibilidade de adoção foi surgindo”, disse. O perfil da criança é de até um ano de idade. “Pela experiência que a gente quer viver mesmo”, justificou.

 

Religioso, Paulo disse que houve oferta de tratamento, mas a orientação católica é pela adoção, não considera “formas artificiais” de procriação. “Venho trabalhando essa ideia. Filho, mesmo sendo adotado, é filho. Deus tem conversado comigo”, conta. (Sara Oliveira)

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS