VERSÃO IMPRESSA

Em mutirões, moradores recuperam canteiro de via

Alguns moradores cuidaram de remover o lixo, outros capinaram o terreno. No fim de três meses, o resultado foi uma avenida Valparaíso, no Conjunto Palmeiras, limpa e mais bonita

01:30 | 31/03/2017
[FOTO1]

“Você não tem noção de como era esta avenida. Olhando assim, não tem quem diga a podridão que era”. A fala da dona de casa Evilane da Silva Costa, 20, é a de quem sente alívio pelo fim do mau cheiro e pela possibilidade de preservação da saúde do filho de sete anos, que agora pode brincar com segurança na frente de casa. Os dois quilômetros do canteiro central da avenida Valparaíso, no Conjunto Palmeiras, passaram por limpeza e reforma organizadas pelos próprios moradores.


Os moradores se dividiram em cinco Conselhos do Quarteirão, responsáveis pela manutenção de cada um dos trechos da via. Com bingos e rifas, a comunidade conseguiu dinheiro. Assim, foram realizados sete mutirões de limpeza. Eles contaram também com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, em uma ação coordenada pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor). Dias antes da reforma, a Prefeitura se responsabilizou pela poda das árvores, capinação, remoção do lixo e coleta de materiais. A partir daí, a vizinhança cuidou do canteiro central.

[SAIBAMAIS]

Durante três meses de trabalhos, a comunidade fez intervenções ao longo de toda a avenida e removeu lixo que, de tão alto, já alcançava os galhos das árvores. Mais de 20 toneladas de lixo e entulhos foram recolhidas. No canteiro central, foram usados mais de 400 pneus e 190 garrafas pet, transformados em jarros de planta, com a preocupação de cortá-los para não acumular água. O grupo ainda fez o plantio de 630 mudas, entre árvores frutíferas, medicinais e roseiras, colocou 32 banquinhos de pré-moldado e pintou e coloriu 30 postes e 40 árvores.


Taynara Figueiredo, 18, tem um comércio na avenida e diz que até a segurança aumentou com as reformas. “Agora as crianças brincam no canteiro central e é uma beleza. Até atrai mais gente aqui pro comércio”, comemora.

 

Cuidados

Eudoro Santana, superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), disse, durante a inauguração, na última quarta-feira, 29, que o projeto de limpeza é todo de autoria dos moradores do bairro, que já tem o histórico de ações comunitárias, como o Banco Palmas.


Como não adianta fazer a limpeza se os moradores ou os caçambeiros voltarem a colocar lixo no canteiro, são realizadas reuniões para a conscientização da região. “O desafio é que o Conjunto Palmeiras seja o mais limpo de Fortaleza. Aqui, há uma entrega da comunidade”, disse Eudoro.


Entre os próximos passos, a urbanização do canteiro central da avenida Castelo de Castro seguindo até que todas as ruas do Conjunto Palmeiras estejam limpas e coloridas.

ANGÉLICA FEITOSA

TAGS