VERSÃO IMPRESSA

Duas em cada três praias de Fortaleza estão impróprias para banho

01:30 | 04/03/2017
Dois em cada três postos da orla de Fortaleza monitorados pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) estão impróprios para banho. O órgão mede semanalmente 31 pontos, entre o Caça e Pesca e a Barra do Ceará. Dos 31, 20 estão com balneabilidade prejudicada, ou seja, com concentração de coliformes termotolerantes maior que 2,5 mil por 100 ml, ou com presença de resíduos sólidos ou animais no entorno da área de banho.

 

A situação é melhor que a da semana anterior, quando dez postos estavam próprios para banho. Na Praia do Futuro, subiu de quatro para seis os trechos com praias apropriadas para a natação e o lazer. Já no setor oeste, o trecho entre a rua Jacinto Matos até a avenida Philomeno Gomes estava próprio no boletim anterior, mas foi classificado como impróprio esta semana.


O número elevado de pontos impróprios é, no entanto, considerado normal para o período de chuvas, conforme Lincoln Davi, diretor de Licenciamento e Monitoramento da Semace. “As águas das chuvas escorrem, levando detritos, até às galerias de drenagem fluvial e daí para o mar”.


A recomendação da Semace é evitar banho de mar após a ocorrência de chuvas de maior intensidade.

 

O POVO Online
Confira mapa com pontos próprios e impróprios para banho em ortaleza em
https://bit.ly/marfortaleza

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS