VERSÃO IMPRESSA

Prefeito de Paraipaba suspende aulas e atendimento em órgãos

01:30 | 17/02/2017
O prefeito de Paraipaba, Dimitri Batista Rabelo (PSDB), publicou decreto, ontem, que suspende aulas da rede municipal por dois dias, até amanhã, e restringiu acesso a prédios públicos apenas para funcionários neste período. O transporte para universitários que estudam em outras localidades também foi suspenso.

 

O motivo, segundo o documento, seriam “acontecimentos de violência na Cidade”, refentes a um tiroteio na noite da última quarta-feira, 15.


O comandante da 2ª Companhia do 11º Batalhão da Polícia Militar, major Robert Charles, informou que a decisão não foi recomendada pela PM e sequer, houve reunião em que se tenha discutido o fechamento dos órgãos. Ele afirma que a segurança na Cidade conta com reforços do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e da Força Tática de Apoio (FTA), além do efetivo do destacamento da PM e do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur).


A assessoria do prefeito confirmou que o policiamento da Cidade foi reforçado. “A medida (suspensão de aula e restrição de acesso a prédios) é para garantir a segurança dos alunos e colaboradores. A Prefeitura decidiu optar por essa decisão até a próxima segunda-feira”, ressaltou. (Jéssika Sisnando)

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS