PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Desorientação em 1º dia de obras no Terminal de Messejana

01:30 | 31/01/2017
As 150 mil pessoas que passam diariamente pelo Terminal de Messejana encontraram cenário diferente no local ontem. Boxes, 26 pontos de embarque e desembarque, bilheteria, administração e 57 linhas que trafegam no espaço foram transferidos para terminal provisório. No primeiro dia de mudança, população reclamou de desorientação. Intenção da Prefeitura é concluir obras de reforma e ampliação do equipamento até outubro deste ano.

 

No anexo, duas plataformas acumulam toda a estrutura das antigas instalações. A entrada principal de passageiros deixa a avenida Jornalista Tomaz Coelho e passa a ser na rua Taquatiara. “Não há perda para o usuário porque a gente está trazendo os atributos de conforto para o (terminal) provisório. Estamos fazendo reforma e ampliação e por isso estamos funcionando num espaço menor. Pedimos compreensão”, comentou Antônio Ferreira, presidente em exercício da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Na manhã de ontem, muitos usuários chegavam à antiga entrada em busca de informações. Direcionados por funcionários do terminal, taxistas e moto-taxistas para o novo endereço, eles caminhavam perto a andaimes e fios de instalação elétrica. No espaço provisório, agentes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus) também orientavam os usuários.

A manicure Tatiana da Silva, 35, reclamou. “Estou achando bagunçado, ainda estou perdida, mas estava precisando mesmo dessa obra. É um tempinho de dificuldade para algo melhor”, comentou.

Quando as obras forem concluídas, o novo Terminal de Messejana será 71% maior, com 6,8 mil m². Parte dessa área será ocupada por uma terceira plataforma de embarque e desembarque. O entorno do terminal também passará por reforma, com novo piso, mobiliário urbano e paisagismo. (Igor Cavalcante)