PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Os papas-léguas

esportes

01:30 | 11/10/2018

O departamento de fisiologia e os preparadores físicos do Ceará gostaram desse intervalo de 15 dias no Brasileirão da Série A. Segundo eles é tempo suficiente para que os jogadores contundidos ou estressados com o excesso de jogos e viagens se recuperem para a maratona de jogos que vem por aí.

 

Dia 15/10, Botafogo no Castelão; 21/10, Palmeiras em São Paulo; 24/10, Cruzeiro em Minas; 27/10, Atlético Mineiro no Castelão; 5/11, Sport no Recife; 11/11 Inter, no Castelão; 14/11, Bahia em Salvador; 18/11, Fluminense no Rio; 21/11, Paraná no Castelão; 25/11, Atlético-PR no Paraná; 2/12, Vasco no Castelão.

 

E tome jogo e viagem! Se dividirmos os 47 dias que faltam para encerrar o Campeonato pelo número de jogos dá 4 dias de intervalo entre uma partida e a outra. Todavia, quando consultamos a tabela da Série A, verificamos que tem semana com três jogos.

 

Não é fácil, mas o time vive um bom momento e faltando 11 rodadas 33 pontos a serem disputados os alvinegros precisam fazer 15 pontos que somados aos 30 que tem no momento daria o total que livraria o time do rebaixamento.

 

Dependendo da pontuação de seus adversários diretos a conta pode até diminuir, mas, segundo os estatísticos, quem chegar aos 45 pontos está livre da queda. A trajetória é difícil e mesmo tendo voltado para a zona de rebaixamento devido ao empate de Botafogo e Vasco as chances são boas.

 

O site Chance de Gol, levando em consideração aspectos como local de jogo e momento que o clube e o time vivem, publicou ontem que a probabilidade de rebaixamento do Ceará é menor que a do Botafogo, América-MG, Vasco, Chapecoense, Vitória, Sport e Paraná.

 

A arrancada alvinegra depois da chegada do técnico Lisca surpreendeu a todos. Até porque, à exceção de Juninho Quixadá, que veio do Ferroviário, os jogadores eram os mesmos e durante dois terços do primeiro turno foram acusados de não terem condição técnica para a Série A.

 

Nessa luta para não voltar para a Segunda Divisão, o bem arrumado time do Ceará tem dado um show de integração com sua torcida. O time entra em campo e corre como se fossem papa-léguas. Ponto para o departamento de fisiologia e para a equipe de preparadores físicos.

SéRGIO REDES