Participamos do

ZPE será subsidiária de holding do Pecém

01:30 | Set. 12, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As mudanças propostas pelo Governo do Estado para a legislação do Complexo Portuário do Pecém (Cipp) e Cearáportos pretendem a criação da holding CIPP S.A., que administrará toda a área.

 

Dentro desse processo, a ZPE será transformada em uma subsidiária do CIPP. Esse processo representa a transferência de 90% das ações do governo dentro da ZPE para o Complexo Industrial, que será transformado em uma espécie de empresa-mãe, e finalizará sua parceria com o Porto de Roterdã.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A mudança, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro, será estrutural. Ele garante que não haverá alteração nos propósitos da ZPE e será mantida sua diretoria.


MUDANÇAS 1


ACOMPANHAMENTO DO MDIC


A ZPE possui um regime tributário específico e por essa razão recebe um acompanhamento do Ministério da Indústria e Comércio (MDIC) e da Receita Federal.


César Ribeiro explica que as alterações passam pelo crivo do governo federal e não há nenhuma mudança que comprometa o sistema de atuação da ZPE. A única diferença é que ela passará a se reportar ao CIPP.


A parceria com Roterdã não está incluída no processo de alteração da lei que tramita na Assembleia Legislativa, embora tenha sido motivada por ela. “O propósito da mudança é a criação de oportunidades de atração de empresas”, acrescenta César Ribeiro.


MUDANÇAS 2


SEM INCORPORAÇÃO DE EMPRESA


A estratégia do Estado passa pela aliança de uma grande marca internacional para facilitar a atração de investimentos. “Vamos trabalhar com novas indústrias, produção e volume de cargas, e gerar resultados”.


Dentro do projeto do Governo do Estado, a ZPE não poderá ser incorporada por nenhuma empresa, devendo apenas realizar alguns trabalhos conjuntos.


AGENDA


INVESTIDORES NA CHINA


O secretário César Ribeiro viaja esta semana para a China, onde participará de encontros com investidores. A agenda foi criada pela Apex e permitirá a apresentação das oportunidades no Complexo Portuário do Pecém, com reuniões marcadas em Xangai, Singapura, Xiamen e Hong Kong.

 

APOIO AO TURISMO


SOCIEDADE CONSULAR


A Sociedade Consular do Ceará pretende contribuir com ações do turismo. O novo presidente da entidade, José Maria Zanocchi, explica que esteve com o secretário Alexandre Pereira, responsável pela pasta na Prefeitura de Fortaleza, conversando sobre o assunto.


A Sociedade reúne 22 consulados e representa um suporte importante de apoio às entidades. Zanocchi lembra a evolução pela qual o Ceará passou nas últimas décadas com a vinda de voos como o da TAP, que permitiu um fluxo maior de investimentos e de turistas europeus.


Apesar disso, ele explica que ainda pode haver uma melhora no relacionamento com outros países e os consulados podem ajudar nessa estratégia. Um dos pontos vitais é a atração de novas linhas aéreas para Fortaleza. Houve uma redução da quantidade de charters para o Ceará e esses voos podem ser importantes para a ampliação do fluxo de turistas.


Centro Fashion


CURSOS PARA OS PERMISSIONÁRIOS


O Centro Fashion Fortaleza oferecerá cursos para os seus permissionários. O trabalho será realizado em parceria com o Sebrae, com o objetivo de melhorar a gestão dos negócios. O empreendimento tem mais de 3 mil boxes instalados no espaço e deve ser beneficiado com o novo horário do comércio, podendo adequar seu funcionamento à chegada dos ônibus com compradores.


Francisco Philomeno Neto, diretor do Centro Fashion, lembra que, desde a inauguração do empreendimento em abril, foram feitas várias adequações e agora está sendo criado um mapa, com um guia sobre as áreas de compras.


REFIS


EXPECTATIVA MENOR


O Refis Municipal começou ontem e pode levar muita gente a regularizar suas dívidas com a Prefeitura. Apesar disso, a expectativa é de que o volume financeiro gerado seja inferior ao do ano passado, em função da crise.


“Todo o presente espera pelo passado para nos comover”

Vergílio António Ferreira, (1916-1996), professor e escritor português

 

RÁDIO


O POVO Economia da Rádio O POVO CBN (FM 95.5), a partir das 14 horas. Destaque para o quadro “Sobe e desce da economia”, com o jornalista Nazareno Albuquerque.


TV


Você pode assistir ao programa O POVO Economia também através do portal:

tv.opovo.com.br/opovoeconomia.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente