PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Depoimento sobre o Dr. Carlos Alberto Studart Gomes...

01:30 | 14/02/2018

...prestado por colega de outra geração, José Maria Bonfim: O mais importante na vida de Carlos Alberto Studart é que, mesmo sendo pneumologista, tornou-se protagonista dos grandes progressos que a cardiologia experimentaria.

Por esta vocação de desbravador, Carlos Alberto colocou a cardiologia do Ceará como a mais moderna e avançada do Norte e Nordeste do Brasil, transformando o velho Sanatório de Messejana em centro de tratamento das doenças cardiovasculares. 

Carlos Alberto fez-se médico para salvar vidas. Achava que poderia fazer mais. Foi quando decidiu trabalhar na administração hospitalar. Então chegou quase à perfeição, porque aí só Deus. 

E como administrador competente, inteligente e sério, ofereceu mais do que dispunha, edificou muito com seus tijolos amorosos armazenados para a construção de esperanças. 

E seu trabalho divino, ele semeou no silêncio. Caminhando na penumbra da dor que castiga a tantos nos nosocômios da vida. Foi gigante. Foi maior.

 

GELDO Machado, que assumiu colegiado factoring, e Paulo Cruz, num dos mais ternos encontros no final do passado (by Evando)  

 

RUMO NORTE 

Livro Textos e Contextos, do reitor Antônio Albuquerque, despertou até mesmo seus ex-alunos maranhenses, que pediram envio de exemplares para São Luís. 

 

VAI FALAR 

José Henrique Braga, neto de Renato, pronuncia palestra, depois de amanhã, na Sociedade Cearense de Geografia e História. 

 

TELA QUENTE 

Comuniquei pessoalmente ao propulsor Deda Studart, que teve a gentileza de me telefonar, que o seu mimoso Wai Wai do Cumbuco vai abrigar o Cine Araruna. 

 

BICOS DE PENA 

Zélia Henriques baixa em Washington, mês de abril, só para ver neto Brandon Tull, saiu oficial pela Força Aérea Americana.... Último almoço político de Moésio Loyola, antes do Carnaval, aconteceu no Don Pepe, contracenando com ele, a primeira-dama de Campos Sales.... Também antes do Carnaval, Marlene Pessoa e Viena Pouchain jantavam no Tango. 

 

BON MOT 

VIVENDO SE APRENDE, MAS O QUE SE APRENDE MAIS É SÓ A FAZER OUTRAS MAIORES PERGUNTAS. (João Guimarães Rosa)

LúCIO BRASILEIRO