PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Meu Rio Inesquecível...

2017-05-15 01:30:00
NULL
NULL

...Parque Recreio, que ainda hoje, passados 60 anos, penso nas Laranjeiras, quando fui pela primeira vez à Cidade Maravilhosa, me hospedei com José Maria Vidal, irmão da Yolanda Queiroz, que ali me levava pra almoçar quase todo dia.


Regina, onde me hospedei duas vezes, na segunda com determinado objetivo, ingressar em O POVO que consegui chegando até Paulo Sarasate, via Albanisa, casal morava nesse hotel da Praia do Flamengo, e essa vitória representou um salto triplo em minha carreira (1961).


Nino, durante um tempo foi meu restô dominical, num desses, jornalista Adirson de Barros comandou cinco garrafas de Chivas, nosso uísque na época.


Teatro São Jorge, na rua do Catete, nesse pequeno teatro, faz muito instinto, assisti A Ratoeira, de Agatha Christie, e passei o bizu pro Haroldo Serra, que cometeu ousadia de me fazer protagonista na versão levada no José de Alencar.

[FOTO1]

AFORISMOS


Mauro Mota: A consciência tranquila é um estado de inconsciência. Bobagem lutar por um lugar ao sol, devemos lutar é por um lugar à sombra. Treinou tanto para gênio que acabou numa ociosidade genial.


AFORISMOS


Mauro Mota: Proibido de comer açúcar, tornou-se um menino à prova de balas. Como não tinham bens, o casamento foi em comunhão de males. As nossas últimas palavras talvez já tenham sido ditas.


AFORISMOS


Mauro Mota: O começo já é uma etapa, resta saber o que havia antes dele. Para tornar-se materialista, chegou botando a alma pela boca. Ele poderia ser o tecelão modelo, pois passa a vida tecendo considerações.


RONDA DOS NATAIS


Hoje, segunda, 15 maio: Cristine Marinho, mulher de advogado, homônimo do pai, que teve papel decisivo no meu retorno ao O POVO, após dez anos de Associados. Vânia Canamary, forma com Aristófanes na primeira linha de copãs favoritos de viagem. Hilda Prisco, filha do educador Ari de Sá Cavalcante, cujo centenário, ano corrente, festeja. Rodrigo Viriato, neto do meu primeiro presidente em jornal, Olavo Araújo, tocando bifê, colabora como chef no People da Sônia Pinheiro.


BON MOT


A verdade precisa falar de uma linguagem simples, sem artifícios. (Montaigne)

Adriano Nogueira

TAGS