PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Matança de árvores é um crime, mesmo legal

01:30 | 12/10/2018

Em São Paulo, um restaurante muito concorrido é o Figueira Rubaiyat. Fica em um bairro nobre, os Jardins. Na Copa de 2014, ele serviu de "cenário" para um episódio dos Simpsons. Com cardápio variado e caro, ele é muito procurado tanto no almoço como no jantar. Muito cearense adora. O restaurante tem algo a mais, aquele que lhe dá nome. As mesas estão em volta de uma imensa e frondosa figueira. Ela estava a morrer, foi salva e virou o que é. Toda a configuração da casa se adaptou à árvore. Sem ela, muitíssimo menos charme. Pois bem. O fim do Parque Recreio, o icônico restaurante de Fortaleza na avenida Rui Barbosa, não foi o fim de um de seus principais atrativos: a sombra de suas árvores. Mas depois aconteceu o pior. Aquilo que mais se temia. Quem comprou a área não teve a sensibilidade ou uma, digamos, super visão de mercado para fazer ali um mercantil com árvores brotando entre gôndolas. Decerto, seria um case. De varejo e arquitetura. Já pensou? Ficará mesmo só no pensamento. Não, não é mais apenas coisa de quem abraça árvore. Se não for pela natureza, é pelo mercado mesmo. O público está cada vez mais intolerante com atitudes assim.

 

NIELSEN

 

Atacarejo ganha corpo

Pela primeira vez, Nielsen aponta que as lojas de atacarejo passaram a ser as mais frequentadas pelos consumidores neste ano. Diz o instituto que 60% dos pesquisados afirmam ter visitado as unidades do formato, ante 58% que dizem ter feito compras nos supermercados de rede, o formato mais citado até o ano passado. Surfando na pesquisa, o Assaí Atacadista (Casino) diz que 70% dos clientes são compostos por consumidores finais. Já na receita, meio a meio com empresas. É porque o tíquete médio PJ é maior. No ano passado, Assaí abriu 20 novas lojas no País, com declarados R$ 900 milhões de investimento.

 

UNIVERSIDADE-EMPRESA

 

Apodi e UFC lançam edital

O Centro de Empreendedorismo (Cemp-UFC) e a Cimento Apodi - joint venture formada pelo Grupo Titan e família Dias Branco-,com apoio de Alternative Output e Tecsys, lançam edital para a competição InovAção 2018. As inscrições podem ser feitas até o dia 16. O edital é voltado aos estudantes dos cursos de engenharia da UFC. Procura ideias para instalar uma usina fotovoltaica (solar) para abastecimento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da fábrica e para melhorar a eficiência operacional no uso de veículos.

 

CLIMA DE JÁ GANHOU

 

Bolsonaro entre a campanha e o dia seguinte

A agenda de Jair Bolsonaro já trata da montagem de equipe. A rigor, uma forma de inspirar confiança. A movimentação ocorre ao tempo em que nos meios empresariais se discute como construir laços com a provável nova Corte em construção. Acontece quando o favorito é um originário do baixo clero, aquela maioria sem conexões bem definidas. No nosso capitalismo tímido, de DNA estatal, estabelecer os canais é determinante para a saúde do negócio. Seja para um cafezinho mais quente num banco público, por exemplo, ou enfim uma relação mais amigável no mundaréu de possibilidades do estado hipertrofiado.

 

Jogo Rápido

Seja quem for o eleito, será preciso fazer uma reforma na previdência. Mas a campanha de ambos passa ao largo.

 

Horizontais

Concurso - Acaba na segunda-feira o prazo para as inscrições no concurso do Banco do Nordeste. As provas serão realizadas no dia 2 de dezembro em todos os estados do Nordeste, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Brasília.

Comunidades planejadas - Palestrantes como Bill Dunster, do ZedFactory, e Maurício Duarte, do escritório dinamarquês Gehl, serão palestrantes no Seminário sobre Comunidades Planejadas, Loteamentos e Desenvolvimento Urbano. Dias 22 e 23, no Gran Marquise.

Então é natal - O Pinheiro Supermercado vai sortear mais de 120 prêmios ceias natalinas e um carro em campanha de natal. Começa já em outubro.