Participamos do

Sem propósito, a rendição

00:00 | Mar. 11, 2018
Autor Gabrielle Zaranza
Foto do autor
Gabrielle Zaranza Estagiária de Agenda Cultural do Vida&Arte
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

[FOTO1]

Encontrar o tom adequado é a chave para ações promocionais ou institucionais. Assim como há um contingente de lovers, há também de haters. Gente que ama ou odeia. Podem ser autônomos ou profissionais. O mercado da web fornece ambos. Vide o caso da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e seu exército de falsos cidadãos indignados muito bem pagos.


Na semana que passou, do Dia Internacional da Mulher, diversas companhias se mobilizaram para prestar homenagens. E, por óbvio, as polêmicas pulularam. No caso do Mc Donald’s, a ideia de escolher 20 restaurantes nos quais apenas mulheres trabalhassem foi lida por alguns como uma forma de dar folga para os homens. Na Gol, de 5 até o dia 11, as mulheres serão toda a tripulação de 14 voos. Um deles para Juazeiro do Norte. A Avianca Brasil fez o mesmo dia 8 em dois voos. Eram ambos com Fortaleza: São Paulo (GRU) – Fortaleza (FOR) e Fortaleza (FOR) – São Paulo (GRU). Super simpáticas as três. Muito melhor ser atendido por mulheres, no digno exercício de seus ofícios.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em tempo: o mais recente levantamento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aponta crescimento de 106% no número de licenças em atividade de mulheres. Na GOL, há 30 mulheres atuando como pilotos, sendo copilotos e comandantes.


Na atual temporada do politicamente correto, tem ficado mais evidente às empresas o valor da essência. Do propósito, como dizem. Havendo consistência, tudo o mais flui de modo natural. Quando rendidas, empresas mudam discursos, retiram campanhas do ar e até demitem. Na falta de propósito firme – uma construção sofisticada, para além de medidas pontuais – sobra o vácuo. E este é ocupado pela rendição aos grupos de pressão - só lembrando, espontâneos ou não.


MAIS BARATO


Depois de abril

Maio é o mês mais barato para conhecer Fortaleza (na foto, Aterro da Praia de Iracema). Custa a partir de R$ 614 ida e volta. Quem sustenta é o site Skyscanner, buscador de viagens. O portal diz utilizar como base o preço médio de mais de 10 mil passagens procuradas nos últimos dois anos em 10 destinos. O mais barato é Curitiba (PR), em abril, a partir de R$ 191. O que determina o preço dos bilhetes é a oscilação da demanda. Procurando, sempre pode haver uma pechincha.

 

MOTA MACHADO


Naquela praça

A Mota Machado entrega neste domingo, às 16 horas, a Praça Canuto 1000, na Canuto de Aguiar com Vicente Leite, no Meireles. É uma praça provisória. Sai de cena quando começar a construção de lançamento imobiliário. A atração principal será uma Sessão Silenciosa. O cinema ao ar livre será com fones de ouvido de alta definição, sem fio. As Sessões Silenciosas acontecerão uma vez por mês no espaço. O primeiro filme a ser exibido é: As Aventuras do Príncipe Achmed. Terá também brincadeiras e contação de histórias para as crianças, além de espaço culinário.

CARTÃO


Benefícios do pão

A Multibenefícios, unidade de negócios do Grupo Pão de Açúcar (GPA), anunciou recentemente o início das atividades em Fortaleza e agora terá uma novidade: a parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE). Vai ofertar a associados Abrasel o produto Multiempresarial. Oferece mais prazo para pagamento, em relação a um cartão de crédito, e vantagens para compras nas redes do GPA.

PRÉ


Meirelles sem pegada

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, não é assim um homem com pegada de pré-candidato à Presidência. Demonstra um certo enfado para a coisa. Mas é um homem com agenda assim. No evento do Lide Ceará, há duas semanas, após falar para uma plateia seleta de empresários e executivos, embarcou em uma picape do Ministério e foi dividir o altar com pastores da Assembleia de Deus, no Centro. Foi logo depois de conversar com O POVO. Agora, dia 28, será a vez de Recife (PE). O tema por lá será semelhante ao tratado aqui: “Conquistas da Economia e Desafios para 2018”. Ou seja, cabe tudo que lhe interessa. A fala será em almoço-debate com 150 lideranças.

 

HORIZONTAIS


MERCADO IMOBILIÁRIO – Marcos Novaes e Rodrigo Porto Freire (Novaes Engenharia) participam do programa nesta segunda, 15 horas, na rádio O POVO CBN. Ao vivo.


QUENTE E FRIO - A Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava), que já atua no Ceará, abriu duas novas regionais. Ficam em Pernambuco e Bahia.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente