Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Um domingo dos goleiros

01:30 | Jul. 02, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
Ao contrário do primeiro dia das oitavas de final nas vitórias de França e Uruguai sobre Argentina e Portugal, respectivamente, faltou qualidade técnica nas partidas de ontem que definiram as vagas de Rússia e Croácia para a terceira fase da Copa do Mundo. Três goleiros, entretanto, escreveram momentos marcantes, de talento puro, com oito defesas de pênaltis em um único dia.

 

AKINFEEV

 

Os donos da casa optaram pela estratégia de compactação máxima defensiva para impedir os ataques da Espanha no 1 a 1. Apesar de abdicarem do ataque durante quase todo o encontro, deu certo porque encontraram um adversário pouco inspirado e previsível no sistema de criação, por mais que tenham tido o controle da bola. Foram mais de mil passes trocados durante os 120 minutos pelos favoritos espanhóis, que acabaram por cair na disputa de pênaltis. Diante de milhares de compatriotas, brilhou Igor Akinfeev com duas defesas essenciais para colocar a Rússia entre os oito primeiros colocados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
 

SUBASIC E SCHMEICHEL


Os croatas também precisaram dos pênaltis depois de um 1 a 1 para avançar diante de uma Dinamarca até melhor, no geral, com bola rolando, mas incapaz de garantir a vitória no tempo normal. No final do segundo tempo da prorrogação, Kasper Schmeichel defendeu um pênalti de Modric e impediu que a Croácia vencesse ali. Nas disputas alternadas, o dinamarquês voltou a salvar a sua equipe duas vezes, mas não conseguiu superar a atuação monstruosa de Danijel Subasic. Com três defesas espetaculares, o arqueiro da Croácia escreveu seu nome na história do futebol de seu país e da Copa do Mundo.

 

AGORA VAI


Rússia, Croácia, Suécia, Suíça, Inglaterra e Colômbia. Contra a maioria absoluta dos prognósticos anteriores, uma delas estará na final da Copa do Mundo de 2018 no dia 15 de julho.

 

Fernando Graziani

[email protected]

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar