PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Brasil vive o drama precoce do tudo ou nada

2018-06-27 01:30:00
É coerente com o trabalho de Tite a manutenção de Willian e Gabriel Jesus entre os titulares para o jogo de hoje diante da Sérvia, às 15 horas de Fortaleza. Ambos tiveram exibições muito discretas nas partidas contra Suíça e Costa Rica, mas o treinador tem histórico de mexer pouco nas equipes que dirige. A alternativa para a vaga de Willian seria Douglas Costa, mas o jogador se machucou com alguma gravidade e não sabe se terá condições de voltar a jogar na Rússia. Colocar outro meio-campista — Renato Augusto e Fernandinho são as opções — seria mudar bastante o esquema, algo que poderia prejudicar o desempenho tático da equipe.

 

O COMANDO DO ATAQUE

 

Já o caso de Gabriel Jesus é diferente. Ele depende muito de Neymar para que seu futebol apareça na seleção brasileira e, como o melhor atacante do time, tem decepcionado. Seu desempenho caiu demais. Roberto Firmino, pelo contrário, entrou muito bem nas duas partidas até agora e ganhar uma vaga entre os titulares obedeceria ao principal critério possível: mérito.

 

MATEMÁTICA


O confronto contra a Sérvia não é eliminatório, mas é quase. Empate ou vitória garantem o Brasil nas oitavas, mas uma derrota deixa o elenco dependendo de derrota da Suíça para a Costa Rica. É uma situação dramática logo na 1ª fase causada pelo próprio Brasil ao ter empatado com a Suíça. Se a pressão das duas primeiras rodadas foi grande, agora será ainda maior. O controle emocional precisa estar em campo.

 

CAPITÃO


No rodízio de capitães imposto por Tite durante a Copa do Mundo, chegou a vez de Miranda. Ótimo jogador, sério, merece a faixa. Sigo achando importante a divisão de responsabilidades em campo, mas há quem defenda que não ter um capitão fixo mostra justamente fraqueza de liderança.

 

MISTÉRIO


“A matilha precisa do lobo, e o lobo precisa da matilha. O conjunto de lobos não é matilha, é alcateia”. Tal frase foi dita por Tite na coletiva de ontem para tentar explicar a situação da falta que fará Douglas Costa ao time. Não deu pra entender.

 

Fernando Graziani

[email protected]

Fernando Graziani

TAGS