PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Hora de tratar envolvidos com facções como terroristas

2019-01-05 01:30:00
NULL
NULL

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, precisa tratar os envolvidos nos ataques que se registram em Fortaleza e no Interior (que viraram uma constante, nos últimos anos no País), não como pessoas que causaram apenas "danos ao patrimônio", como está na lei, mas como crime de terrorismo. Para isso, é necessário mudar a Lei nº 13.260, de 16 de março de 2016. Ali, só se considera ato de terrorismo se danos foram causados por razões de xenofobia, discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia e religião, quando cometidos com finalidade de provocar terror social. As ações das facções, embora gerem pânico generalizado, não se enquadrariam na lei. Ou seja, caberá ao ex-juiz federal, que chegou como uma espécie de "salvador da Pátria" de Jair Bolsonaro, enviar projeto de reforma da legislação para o Congresso. E logo na primeira semana dos trabalhos dos senhores parlamentares.

 

CADÊ VOCÊ?

 

Fortaleza vive clima de terror e pouco se ouviu falar na Secretaria Municipal da Segurança. Aliás, na última onda de ataques criminosos registrada em julho de 2018, após ser alvo, a turma dali acabou montando uma barricada, com sacos de areia, em frente a sede do órgão.

 

TORRES DE BABEL

 

Roberto Cláudio, entre férias e agenda de reuniões com BID e outros organismos nos EUA, segundo sua assessoria, deixou o vice, Moroni Torgan, que se engajou agora num Gabinete de Segurança criado por Camilo. Moroni, o homem das torres de segurança, deve aparecer.

 

EXTREMOS

 

Além do pânico, essa onda de ataques, que mexe com a rotina de Fortaleza, traz outro peso para a sociedade: o prejuízo econômico. Pena que, até hoje, pouco se tenha feito para desatar o nó financeiro que turbina esses grupos criminosos: o tráfico de drogas.

 

MEIO AMBIENTE

 

Tem ex-deputado ocupando a presidência da Comissão do Meio Ambiente da OAB do Ceará. É João Alfredo, filiado ao Psol. Promete ser vigilante nas ações do Estado e da Prefeitura de Fortaleza nessa área.

 

EDUCAR É PRECISO

 

Sobre queixa de leitores, a AMC informa que há faixa de pedestre e sinais nas esquinas da D. Luiz com Coronel Jucá, ao lado do Pátio Dom Luiz, e também na esquina da Santos Dumont com Barbosa de Freitas, ao lado do Center Um e Del Paseo. Falta educar o pedestre.

 

SEM DÓ, NEM PIEDADE

 

Nos vários ataques criminosos registrados ontem em cidades do Interior, um expõe a face cruel desses grupos: o caminhão-pipa que abastece com água potável distritos de Aracoiaba foi completamente destruído pelo fogo.

 

EXTRA DA DESGRAÇA

 

A onda de ataques expôs outro lado dessa moeda social: mototaxistas, taxistas e até aplicativos aproveitando o sufoco dos que ficam sem ônibus para explorar. Agem sem coração, fazendo o mesmo que grupos criminosos. Só que num ataque direto ao bolso dos já explorados.

 

PÓS-RÉVEILLON

 

De Francisco Lira Monte, leitor: "O Réveillon de Fortaleza é um dos maiores do Brasil. Agora, quem fica por trás do palco, não vê e nem ouve o som dos shows. Poderíamos ter telões pro outro lado da orla, como também banheiros químicos."

 

Gastronomia

 

O Crato recebe hoje equipe da Expedição Jornalística Ceará Gastronômico, projeto do O POVO e O POVO CBN. A cidade também sediará, amanhã, a segunda concertação a ser realizada às 8 horas, na CDL, com o tema "As Receitas de Baú". Inscrições gratuitas: bit.ly/ConcertacaoCrato

 

GÁS

[FOTO1]

Hugo Figueiredo vai continuar como presidente da Companhia Estadual de Gás (Cegás), órgão vinculado à Seinfra de Lúcio Gomes. Além do bom trabalho de expansão ali realizado, é da casa do governador Camilo Santana.

 

SOBE

 

Rede hoteleira que, mesmo com término das festas de fim de ano e este clima de terror em Fortaleza, está resistindo com bons índices de ocupação. Diz a ABIH-Ceará.

 

Desce 

 

Aqueles que tentam tirar proveito do momento crítico de violência pelo qual passa o Ceará para explorar politicamente. A hora é de união.

 

HORIZONTAIS_

 

O Centro Regional de Inteligência da PF, nesse cenário atual de Fortaleza, precisa dar respostas. /// Os advogados Hélio Leitão, Marcelo Mota e André Costa assumirão dia 31 deste mês, em Brasília, como representantes do Ceará junto ao Conselho Federal da OAB. // Nossos pêsames à família do radialista Sérgio Pinheiro. O enterro ocorre hoje, às 9h30min, no Cemitério Parque da Paz.

/// Nágyla Drummond transmite o cargo de titular da Secitece para Inácio Arruda. Na segunda-feira, às 9 horas, no próprio órgão. /// Só lembrando: "Alguém aí vai ao Pré-Carnaval neste clima de samba do crioulo doido?"

ELIOMAR DE LIMA

TAGS