Participamos do

Home jewels

01:30 | Out. 13, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1]

A marca completou 150 anos, em 2017, e estabeleceu-se pela maestria no feitio de verdadeiras joias para o lar. Suas linhas englobam a movelaria, a boiserie, a cristaleria decorativa, a relojoaria, a perfumaria, os acessórios para banheiros e a completa linha de banquete. Mas o que a fez lendária foi o trabalho com gemas semipreciosas - a exemplo do lápis lazúli, do cristal de rocha, da malaquita e do olho de tigre - com molduras e arremates em ouro, prata ou bronze. De constituição familiar, a Baldi 1867 possuiu uma parceria com Steinway, para a customização de pianos.


DES HANOTS

Como eu já disse, é vasto o celeiro artístico da França, no que tange ao registro de tantos nomes que ilustraram, brilhantemente, a verrerie d’art. Assunto que rende muitas linhas. A Des Hanots foi uma delas, que produziu um sem- fim de luminárias, abajures e apliques (em vidro fosco, bronze e metal polido), especialmente na década de 1930. Uma característica do negócio foi a habilidade em compor com diversas formas geométricas, tornando-as leve e atemporais, benquistas por ambientadores.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

SOÇAITINHO

Agendado os 5 anos de Maria Eduarda Silva, dia 10. Como é sabido, Mayara e Homero não medem esforços. É sempre um acontecimento no nicho teen.

 

RENOVAÇÃO ESTÉTICA

O adereço é de espanhol “Lluiz” Masriera, artífice da mítica joalheira, que leva seu sobrenome. Fundada no ano da graça de 1839, a assinatura catalã também é expert em esmalte. A Fada da Pérola, uma ninfa alada, com brilhantes e detalhes esmaltados, é um das iconografias do Modernismo.

 

ART NAIF

Iaponí Araújo foi um pintor autodidata, riograndense, que já ilustrou um catálogo da Christie’s, em 2011.

 

MAKE A WISH

Lenilza Campos, Daniel Demétrio, Helio Leitão e Marcelo Holanda. 

 

DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES

Eis que o caro leitor se depara com um marmanjo, com um mouro, com um mancebo e com um ‘putto’. Saberia identificar cada um deles? Vamos pela ordem: o primeiro é um arcanjo; o segundo, um escravo veneziano, também denominado blackamoor; o penúltimo, trata-se de um múltiplo cabide tripoide; e o derradeiro, nada mais é que um rechonchudo querubim, despido, cujo plural é ‘putti’.

 

CEARENSIDADE

Impossível não falar de tênis, no Ceará, sem citar Maureen Schwartz. Especialistas, no esporte branco descrevem seus atributos no saibro: saque perfeito, batida, angulação, intensidade da bola, velocidade, estatura e preparo físico. Venceu Lucy Maia, tricampeã brasileira, e Maria Luzia Amorim, campeã sul-americano. Jogando pelo Náutico, foi ouro na categoria adulto brasileiro, dos 16 aos 18, e prata, em dupla com Maria Esther Bueno, por ocasião do Pan-Americano de São Paulo, No ano de 1963. Maureen seguiu para o circuito mundial, até que uma lesão (no menisco) a afastou das quadras. Além das inúmeras medalhas, o Náutico,seu clube, homenageou-a com uma herma. Maureen é ginecologista e mora em São Paulo.

 

‘TRADIZIONALE’

Leone está para Itália assim como a Valda está para o Brasil. As pastilhas estão no comércio desde 1857. Outra, só que da Suíça, é a de alcaçuz, produzida pela Halter. Essas vendem na Delitália.

 

SALOMÔNICAS

“Ser sábio é melhor do que ser forte; o conhecimento é mais importante do que a força”.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente