Participamos do

O Pintor dos Carretéis

01:30 | Fev. 10, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

 

Marcus Lage

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Iberê Camargo transplantou seus dramas para as telas. Humanista, inconformado, no final de sua carreira passou a pintar figuras espectrais, por ele batizadas de “idiotas”. Um dos luminares do abstracionismo do século XX. Apaixonado pelo desenho, desde a infância, defendia que o artista deveria buscar a própria linguagem, seu traço particular. “A verdade da obra de arte é a expressão que ela nos transmite. Nada mais que isso!” (1914-1994). Seu museu, na capital gaúcha, foi projetado pelo arquiteto (Pritzker) Álvaro Siza.


MEL NA SOPA


Ele se chama Aerodramus. Trata-se de um primo da andorinhas. Um consumê, feito do ninho e da saliva, onde adiciona-se frango e temperos, é uma das iguarias mais caras da culinária chinesa. Considerada uma panaceia pelos antigos. Acreditam que possui propriedades anti-envelhecimento, afrodisíacas e auxiliares do sistema imunológico.


NAMORO


Na vesperal do Valentine’s Day, uma ilustração de Joseph Christian Leyendecker (Courthship), ilustrador, vulto da mídia, uma das mais brilhantes legendas da era de ouro da ilustração americana. A ele creditam o uso das técnicas do design nas revistas modernas. Um de seus cartazes, para a camisaria Arrow, alavancou as vendas da companhia.


PISANG ANBOM


Gostinho de chiclete, na base ervas exóticas e predominante sabor de banana (Pisang,em idioma indonésio). Era o queridinho da ala feminina, tornando-se uma febre nos anos 1980. Excelente como item para mixologia.


REUGE


Embora evoque sentimentos pueris, o objeto – em razão do preço, da complicação do mecanismo e da sofisticação de materiais – é brinquedo para adultos. A gaiola musical é feita pela suíça Reuge, em Saint Croix, com flagship na Rue Du Rhône, em Genebra.


MAKE A WISH


Aniversariam: Carol Fujita, Vera Freire, Mariana Vieira, Mirella Rocha, Nadja Viana, Rafaella Veras, Daniel Simões, Hugo Machado II e Miguel Dias Filho.


TECENDO HISTÓRIA


O francês Jean Lurçat, um vanguardista, foi o responsável pelos novos rumos da tapeçaria. Com o gancho no estilo medieval, rompeu com aquilo que, comumente, via-se nos tapetes Beauvais, Savonnerie e Aubusson. Mas foi no Brasil que veio a inspiração das borboletas.


BELEZA E MOVIMENTO


A incontestável beleza das faianças austríacas.


...DOU-LHE 3!


O Reno II, do alemão Andreas Gursky, foi recorde na Christie’s. Quem teria coragem de pagar a bagatela de US$ 4,3 milhões de dólares?


COISA NOSSA


Em janeiro, de 2018, acontece o seu centenário. Autoditada, discípulo de Raimundo Cela, Afonso Lopes Gonçalves viveu dos pincéis. Discreto, reservado, integrante da SCAP, reconhecidamente técnico, pintou as múltiplas faces do sertão e das tradições cearenses. Seus trabalhos não demandam a assinatura, automaticamente relevam sua autoria. Sua trajetória foi bem definida por uma manchete do passado: “Muito talento e glória pouca”.


DEVANT CORSAGE


Broche em cristal, platina e safiras orientais, datado de 1930, que pertenceu à sra. Jacqueline Kennedy Onassis, adquirido na joalheria A La Vieille Russie, em New York.


Valor: US$ 150 mil


SACRO


Coroa em prata, estilo Dom João V, repuxada e cinzelada, trabalho de argentaria mineira do século XVIII.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente