PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Quem vai separar o joio do trigo?

2017-11-03 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

A esta altura todo mundo já sabe. Kevin Spacey, um dos maiores atores norte-americanos, ganhador de dois Oscars e estrela da série House of Cards é um assediador sexual. Mais que isso, é homossexual (finalmente assumido) e assediador! O outing veio na esteira da primeira denúncia de assédio, feita por um ator relatando uma tentativa de abuso que teria ocorrido em uma festa há 31 anos (isso mesmo) quando Spacey tinha 27 anos e ele 14.


Mesmo garantindo não se lembrar do ocorrido, dada a distância temporal e seu estado etílico na ocasião (o que é perfeitamente compreensível, convenhamos), Spacey se desculpou publicamente e aproveitou para se declarar gay. Ah, coitado! Sua saída do armário foi tida como oportunista e motivada exclusivamente para fazer uma cortina de fumaça em relação ao assédio. Em vez de apoio da comunidade gay, atraiu a revolta dos que entenderam que seu outing reforçava o estereótipo “predador” de homossexuais.


Na sequência, um outro ator e um cineasta fizeram coro ao denunciar que, encontrando Spacey em bares, ele lhes “apertou as partes” (oh!). O conjunto de relatos foi o suficiente para o mundo desabar, com graves consequências para Spacey.


E é aí que está o incômodo da Cena G. Há de se perceber que à frente disso tudo há uma espessa camada de hipocrisia. Além de faltar, como definiu uma amiga, o espaço para o contraditório. Essa nova onda inquisitória, que não se intimida em lançar à fogueira quem lhe desagrada, é por demais nociva. Está se tornando solução fácil vilanizar os que não condizem com padrões idealizados. E aqui se encaixam tanto os gays que se incomodaram por ter a imagem da “categoria” arranhada por um “assediador” quanto os tanto que correram a atirar pedras na Geni da vez. Cena G não apoia o assédio, no entanto, mais que nunca, é preciso lucidez para separar o joio do trigo.


BH LACRANDO 1

A Prefeitura de Belo Horizonte (MG), por meio da Belotur, acaba de se filiar à International Gay & Lesbian Travel Association (IGLTA), organização líder mundial dedicada ao Turismo LGBT. Com a filiação, além de ser incluída em um calendário internacional do turismo voltado para o público, Belo Horizonte é candidata à sede da Convenção Global Anual da IGLTA, principal evento educacional e de networking da indústria deste segmento de turismo. Em 2018 o evento acontecerá em Toronto, Canadá. Já em 2019, a sede será Nova York (EUA). Em 2020, dez cidades concorrem para sediar o evento e, para 2021 Belo Horizonte já é uma candidata..

 

BH LACRANDO 2

Com a filiação à IGLTA, a Belotur vai implementar uma série de ações para, de fato, ampliar o fluxo de visitantes LGBT em Belo Horizonte. Entre as ações estão: Implementar a segmentação turística LGBT na cidade; Elaborar Cartilha de Capacitação; Apoiar eventos na temática LGBT; Mapear a oferta LGBT em Belo Horizonte, com o levantamento de espaços de convívio e de expressão artísticas; Elaborar o Guia LGBT da cidade de Belo Horizonte; e Estimular a visitação turistas LGBT a descobrirem Belo Horizonte sob novos olhares. Já Fortaleza segue fazendo a egípcia panoramicamente para este importante e disputado segmento e fugindo do turismo LGBT como quem fez chapinha corre do menor sinal de chuvisco. Alguma explicação há de ter!

 

SÓ NO CLOSE

O documentário cearense Close, de Rosane Gurgel, está entre os 15 filmes selecionados para a mostra Olhar Brasilis, do 15º Curta Santos - Festival de Cinema de Santos. A Mostra reúne curtas-metragens de nove estados brasileiros. Close traz histórias de quatro transexuais femininas reclusas no sistema prisional cearense. O Curta Santos ocorre entre os dias 17 a 22 de novembro, em diversos espaços da cidade do litoral paulista.

 

MARATONA T

Coletivo As Travestidas se prepara para verdadeira maratona de apresentações que começa neste fim de semana e segue até o fim de 2017. Hoje, o cineteatro São Luiz recebe o show Três Travestis, às 19 horas. No palco, Gisele Almodóvar (Silvero Pereira), Mulher Barbada (Rodrigo Ferrera) e Betha Houston (George Hudson) cantam repertório que passeia por canções de Caetano Veloso a Nina Simone. A entrada é R$ 20 e R$ 10 (meia). Já o espetáculo Quem Tem Medo de Travesti (FOTO) será apresentado durante todas as terças-feiras de novembro (dias 7, 14, 21 e 28) no Teatro do Dragão do Mar, a partir das 20 horas. Com direção de Silvero e da gaúcha Jezebel de Carli, a peça é formada por fragmentos de relatos reais de travestis, transexuais e transformistas. Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia)


FOR RAINBOW

Contagem regressiva para o 11º For Rainbow - Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, que começa na próxima quinta-feira (9) e segue até o 15 no Centro Dragão do Mar. Além das mostras competitivas de curtas e longas-metragens, o festival oferece vários eventos paralelos como debates, lançamentos de livros, apresentações de teatro e música, além de festas com DJs .Toda a programação é gratuita. Segundo Verônica Guedes, diretora executiva do For Rainbow, o festival terá um tom explicitamente político: “É preciso dar voz àqueles grupos sociais que, dentro do recorte LGBT, têm sido os mais penalizados pela onda fascista que atingiu o Brasil”.

CEARÁ NO MIX BRASIL

Dois filmes cearenses disputam a Mostra Competitiva de Curtas-Metragens do 25° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade. Considerado o maior evento do gênero da América Latina e um dos maiores do planeta, o Mix Brasil ocorre de 15 a 26 deste mês, em São Paulo (SP). Os cearenses selecionados foram Vando Vulgo Vedita, de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus; e a coprodução com Minas Gerais Dandara, de Flávia Ayer e Fred Bottrel. O festival homenageará o cineasta americano Gus Van Sant, que virá ao Brasil pela primeira vez. Já o longa de abertura será o premiado (e inédito no País) Me Chame Pelo Seu Nome, de Luca Guadagnino.

 

GAY GAMES

Hong Kong se tornará em 2022 a primeira cidade asiática a sediar os Gay Games, evento criado para fortalecer o reconhecimento dos direitos do movimento LGBT. Hong Kong superou a cidade mexicana de Guadalajara e a capital americana Washington para organizar a 11ª edição dos Jogos. O evento reúne cerca de 15 mil participantes e deixará uma importante repercussão econômica.

 

Fundados pelo ex-atleta Tom Waddell, que participou dos Jogos Olímpicos do México-1968, os Gay Games estão abertos a todos os esportistas, sem censura de gênero ou orientação sexual. A primeira edição aconteceu em 1982 em São Francisco (EUA) e a próxima será de 4 a 12 de agosto de 2018, em Paris (França). Nunca é demais lembrar que Hong Kong só descriminalizou a homossexualidade em 1991 e que a população LGBT de lá ainda sofre com o preconceito (da AFP).


FESTAS DO FIMDE


1 Hoje, sexta-feira, a boate Level (Rua Dragão do Mar, 218, Praia de Iracema), promove a festa Quebradinha na Level, a partir das 23hs. No comando das pick-ups, os DJs José Cavalcanti, Humberto Eric, Fabio Balack, Eduarda Carauta, Darlen Pinheiro e Emmanuel Costta %2b live especial de Yara Cavalcante. Plus: Rodadas de drinques e itens com preços promocionais. Ingresso: R$ 30 (entrada tripla até 0h), R$ 15 (individual após 0h) e R$ 80 (camarote, com 12 fichas para bebidas). Amanhã, sábado, a casa realiza a Festa do Beijo, a partir das 23hs. No line-up, os DJs Amabillis, Fabio Balack, Italo Bergman, Dí Soarez, Klisman, Lourran Carneiro, Ph e convidados. Plus: rodadas de bebidas e drinques com preços promocionais. Ingresso: R$ 30 (pista) e R$ 80 (camarote, com 12 fichas para bebidas). Já no domingo, 5, a boate promove seu Halloween 2017, a partir das 23hs. Nesta edição, a diva Layla Sá está na apresentação da noite ao lado de Margarida Pipper e Ysis D'Morais. A noite terá ainda shows especiais de Yumi Ryellon, Tallula Bitch e Gysella Popovick . No line-up, os DJs Amabilis, Lourran Carneiro, Marcelo Fort e Victor Sá. Ingresso: R$ 15 (até 0h) e R$ 20 (após 0h).


2 Amanhã, sábado, o Pirata Bar (Rua dos Tabajaras, 325, Praia de Iracema) recebe a festa de Lançamento do Bloco das Travestidas 2018, a partir das 22hs. A principal atração da noite será o show Levianas - Uma Sofrência Travestida, com Silvero Pereira & Mulher Barbada. Completam o line-up de atrações, discotecagens de Fabinho Vieira e Adrian Brasil %2b performances de Deydianne Piaf, Karolayne Karton e Yasmin Shirran. Ingresso: R$ R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia), R$ 50 (camarote) e R$ 20 %2b 1 kg de alimento não perecível (solidária).


3 Amanhã, sábado, o Dragon Health Club (Rua Almirante Jaceguai, 239 - Praiade Iracema, na ladeira do Centro Dragão do Mar) realiza a festa Halloween – It: A coisa, a partir das 18hs. No line-up de atrações, DJ Victor Sá, performance de Ryoco Shiminazzo, e gogo performance de Murilo Reis. Hostess: Tatiana Hylux. O Club abre as portas às 16hs, já com todos os equipamentos funcionando, e fecha às 22hs. Ingresso: R$ 5 (com acesso ao bar e restaurante), R$ 40 (acesso total) e R$ 30 (preço promocional para estudantes e homens com mais de 60 anos)

 

FUNDO LGBT 1

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou nesta semana a criação do Fundo Municipal de Defesa dos Direitos da População LGBT. Após ser oficiado da aprovação, o prefeito Roberto Cláudio deve enviar, em até 60 dias, a matéria em forma de Mensagem para ser votada em definitivo pela Casa.

 

FUNDO LGBT 2

Quando se tornar lei, o Fundo receberá receita a partir de convênios, termos de cooperação ou contratos que tenham por finalidade alocar recursos para políticas que garantam direitos à essa população. Também poderão ser recebidos repasses da União, Estado ou organizações governamentais ou não governamentais, de origem nacional ou estrangeira. A iniciativa é da vereadora Larissa Gaspar (PPL), atual presidenta da Comissão de Direitos Humanos e também da Frente Parlamentar em Defesa da População LGBT na Câmara.

 

Émerson Maranhão

TAGS