PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Trump: a ameaça sobe hoje ao trono

2017-01-20 01:30:00
NULL
NULL

“Obrigado à comunidade LGBT! Eu vou lutar por vocês enquanto a Hillary (Clinton) traz mais pessoas que vão ameaçar suas liberdades e crenças”, tuitou Donald Trump no dia 14 de junho de 2016. Dois dias depois, ele anunciou que o vice de sua candidatura seria governador republicano de Indiana e um dos políticos mais conservadores do mundo. Hoje, juntos, a chapa Trump/Pence assume a Presidência dos Estados Unidos. Trump pode não ter um histórico homofóbico, mas sua equipe toda tem de sobra.


Pence, fundamentalista religioso e conservador convicto, assinou em 2015 lei que permitia que restaurantes negassem serviço à população LGBTQ. Disse ainda que a presença de homossexuais enfraqueceria a coesão do Exército e chegou a propor um banimento constitucional do casamento de pessoas do mesmo sexo. E ele é só um dos vários conservadores preconceituosos escolhidos por Trump para compor seu governo.


Trump foi eleito com um discurso contra minorias, em especial imigrantes latinos. Misoginia também faz parte de seu odioso cardápio retórico. Aliado aos mais conservadores dentre os republicanos, ele é uma ameaça a direitos conquistados no maior país em que o casamento igualitário é permitido – algo que o presidente eleito disse que “seriamente cogita reverter”. Pior que isso, só o fato de que a onda conservadora não é exclusividade norte-americana. Uma guinada ao passado pela maior democracia do mundo é um indicativo apocalíptico para nós, LGBTQs.


AVANÇOS DA ERA OBAMA

Por mais problemático que tenha sido num contexto sócio-político internacional, os oito anos de governo de Barack Obama levaram uma série de avanços progressistas aos EUA. O mais notável para a população LGBTQ foi a proibição de que estados impeçam casamentos gays, o que, na prática, legalizou que pessoas de gêneros iguais “juntem as escovas” em todos os 50 estados norte-americanos. A decisão foi da Suprema Corte, mas Obama foi articulador e defensor da aprovação. “Casais de gays e lésbicas têm agora o direito de se casar, como todas as outras pessoas. #Oamorvence”, comemorou o agora ex-presidente, após a aprovação em junho de 2015.

 

OUÇA ESSA

Eu vou me certificar de que iremos olhar isso e faremos certo reconhecendo os direitos trans como direitos humanos. Precisamos ter certeza de que estamos defendendo a dignidade e direito de todas as formas possíveis”


Justin Trudeau, 45 anos, primeiro-ministro do Canadá, ao garantir que detentos cumprirão sua prisão de acordo com sua identidade de gênero. A promessa veio em oposição às novas diretrizes de encarceramento de pessoas trans do Serviço Correcional Canadense, que pretendia se basear no sexo do nascimento, em vez da identidade de gênero.


FESTAS DO FIMDE


1 Amanhã é dia de Margareth Menezes no DS Club (Rua Dragão do Mar, 308 – Praia de Iracema). A partir das 21 horas, a diva do axé puxa a ferveção que vai até as 23 horas. Além da baiana, o clube recebe no Open Air o bloquinho da DS com o brega dos Alfazemas. Para completar a programação, a boate indoor promove a estreia do novo DJ residente, Thiago Costta, além das presenças dos DJs Diego Baez, Rachid Barros e Tiago Fasano. A entrada da pista sai por R$ 30, enquanto o camarote open bar (uísque, vodca, cerveja e água inclusos) fica por R$ 80.


2 A Haus promove um trio de atrações para o fimde. Tudo começa com a festa 2007: Se Britney Sobreviveu, que levará o melhor do pop de dez anos atrás para a Haus (Rua Almirante Tamandaré, 19 – Dragão do mar). Já no sábado, o mesmo local recebe o Motel da Haus. Luz vermelha, dança sensual e muita tequila dão o tom. O ingresso de ambas sai por R$ 30. No domingo, a opção é gratuita para quem entrar antes das 17 horas. A Despedida de Férias com The Dillas vai ter pop rock, touro mecânico e cama elástica na barraca Sunrise Brasil (Avenida Zeze Diogo – Praia do Futuro)


3 Superando adversidades, o Bloco das Travestidas retorna hoje ao Mambembe (Rua dos Tabajaras, 368 - Praia de Iracema). A festa Transvirada – Vai Ter Luz celebra o lançamento do do bloco com direito a show, muita performance e música do axé, frevo, marchinha a funk. A festa começa às 22 horas e a entrada sai por R$ 20 (R$ 15 para os 50 primeiros).


4 A banda Lagosta Bronzeada é a atração de amanhã na Lancelot (avenida Almirante Jaceguay 07 - Praia de Iracema). Com início às 23 horas, a noite contará ainda com Forró das Antigas com.a Banda Balada Dellas e os DJs Liz Priscila e Tep Rodrigues. A entrada sai por R$25 (pista) ou R$ 40 (camarote)%u200B


LGBTQ NOS CINEMAS
(E NO OSCAR)

Na próxima terça-feira, 24, o Oscar finalmente anuncia seus indicados. E certamente haverá filme LGBTQ no meio! Se você pensou no musical La La Land: Cantando Estações, você se deixou levar pelo estereótipo e não podia estar mais enganado. Na verdade, eu falo de Moonlight: Magia ao Luar, de Barry Jenkins. O longa está previsto para estrear no dia 23 de fevereiro, já na véspera do Oscar, e mistura elementos de racismo e homofobia na difícil jornada de crescimento e descoberta de um jovem pobre. O filme ganhou o Globo de Ouro de melhor drama e promete redimir a injustiça de quando O Segredo de Brokeback Mountain (2005) perdeu o Oscar.

 

André bloc

andrebloc@opovo.com.br

 

Adriano Nogueira

TAGS