Participamos do

Planeje sua alimentação

01:30 | Abr. 23, 2018
Autor Gabrielle Zaranza
Foto do autor
Gabrielle Zaranza Estagiária de Agenda Cultural do Vida&Arte
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

[FOTO1] 

1 Na vida corrida, muitas vezes damos prioridade a organização da rotina, rotina de trabalho, o que vamos vestir, rotina de casa, mas esquecemos da rotina alimentar. O que vamos comer durante o dia, durante a semana nunca é observado. E quando não temos um planejamento alimentar, comemos o que está disponível. Aí começam as falhas alimentares e se abre uma porta para a instauração das doenças não transmissíveis como obesidade, diabetes, colesterol alto, pressão alta, dentre outras.


2 “Ninguém se planeja para fazer um bom café da manha, almoço, os lanchinhos, jantar”, lamenta a nutricionista do Secovimed, Fabiana Belini, que atende usuários do serviço de saúde do sindicato, há três anos. “A Nutrição do Sercovimed é um serviço para dá suporte ao atendimento de clínica médica, pois percebemos que os pacientes tinham a alta clínica, mas, em pouco tempo, retornavam com as mesmas queixas porque não mudavam sua rotina alimentar”, conta ela.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

3 O primeiro passo para o planejamento alimentar, realizado pelas nutricionistas do Secovimed, em consultas que duram até 45 min, é levar em conta a função do usuário. “Se é o empresário dono da incorporadora ou da imobiliária, ou se é o empregado da imobiliária, o porteiro ou zelador de um condomínio e o tanto de energia ele vai precisa para desempenhar seu trabalho durante o dia”, avisa Fabiana Belini.


4 O segundo passo é saber como ele tem acesso à alimentação, se o condomínio, a incorporadora ou a imobiliária fornece ticket refeição ou marmita. Segundo a nutricionista, se a rotina de alimentação for bem elaborada, nem fome o paciente vai sentir. “A fome só acontece porque as pessoas resolvem comer uma proteína com salada, no jantar, por exemplo, e no café da manhã seguinte ingerir apenas pão com café. Claro que, à noite, estará com fome”, lamenta. O certo é oferecer uma refeição completa a cada alimentação.

 

BATE-PRONTO


A pneumologista e médica do sono Lia Belchior (CRM 9747 / RQE 4854), tesoureira da Associação Brasileira do Sono – Regional Ceará, chama-nos atenção para a importância de uma noite bem dormida e que a falta de sono pode acarretar em prejuízos à saúde.


O POVO – Quais os prejuízos que a falta de sono provoca no nosso organismo?

LIA BELCHIOR - Dormir mal contribui para o aumento na incidência de transtornos do humor, dificuldade de aprendizado, pode levar à síndrome metabólica, obesidade, depressão e às demências. E também à obesidade.

OP – A tecnologia prejudica nossas horas de sono?

LB – Sim. O surgimento do smartphone e das redes sociais, muita gente deseja ficar ligada 24 horas, expondo-se à luz artificial, especialmente no período noturno, sem dormir e sem pegar sol. Hábitos que podem prejudicar e muito a saúde e o ritmo natural do nosso corpo, programado para ter o descanso do sono durante a noite.

OP - Quantas horas devemos dormir?

LB - A quantidade de horas de sono satisfatória é variável, mas sabemos que tanto a privação quanto o excesso de sono prejudicam o funcionamento do corpo. Além da quantidade específica de horas, a qualidade do sono também é importante. Daí a necessidade de se manter ambiente adequado para o sono.

 

GASTRONOMIA FUNCIONAL


PÃO DE AVEIA SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE

A aveia, fonte de carboidratos, proteínas, vitaminas e mineiras, é a base da nossa receita de hoje. Sugestão da Nestlé que inaugura sua participação no mercado brasileiro de orgânicos, com os lançamentos de Aveia Nestlé Flocos Grossos Orgânica e Aveia Nestlé Farelo Orgânica.

 

INGREDIENTES

> 1 colher (sopa) de açúcar mascavo

> 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo (10 g)

> 1 xícara (chá) de farinha de arroz

> 1/2 xícara (chá) de polvilho doce

> 1/2 colher (chá) de farinha de linhaça

> 1/2 colher (chá) de sal

> 2 colheres (sopa) de azeite

> 1 xícara (chá) de Nestlé Aveia em Flocos Grossos Orgânicos e Sem Glúten


MODO DE PREPARO

Em um recipiente, misture todos os ingredientes, reservando meia xícara (chá) da Aveia Flocos Grossos. Adicione 1 xícara (chá) de água morna, aos poucos, e misture bem, com uma colher de cabo longo. A mistura deverá ficar homogênea e com aspecto grudento. Em uma forma de bolo inglês (26 x 10 x 7 cm), untada com azeite e polvilhada com farinha de arroz, despeje a mistura. Polvilhe o restante da aveia e asse em forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 20 minutos. Sirva a seguir.

 

GALERIA


MEETING THE EXPERTS, EM SÃO PAULO


Pesquisadores de infectologia e hepatologia estarão reunidos, de 29 de abril a 1º de maio, em São Paulo, na primeira edição do simpósio Meeting the Experts, para debater os avanços e as defasagens dos protocolos de atenção aos pacientes portadores de hepatite C, febre amarela, HIV/AIDS, DHGNA (Doença Hepática Gordurosa Não-Alcoólica) e de outras doenças infecciosas. E teremos cearense no Meeting. No dia 30 de maio, a médica Melissa Soares Medeiros, doutora em Farmacologia pela UFC, participará do debate sobre o avanço no programa de HIV/Aids, no Brasil, um dos melhores do mundo.


“O Brasil oferece um dos melhores tratamentos do mundo para os seis genótipos da hepatite C... e também os quatro graus de fibrose ou endurecimento do fígado, que leva a complicações como a cirrose e o câncer hepático”, afirma o doutor em infectologia Sérgio Cimerman, coordenador científico do evento, autor do livro “Condutas Em Infectologia”, Editora Atheneu. Parabéns a todos, será um grande evento.

 

Roberta Fonteles Philomeno

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente