PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Exames para a prevenção de doenças no sistema digestivo

2017-11-26 00:00:00
NULL
NULL
[FOTO1][FOTO2][FOTO3]

1 O aparelho digestivo é o sistema do ser humano responsável por obter dos alimentos ingeridos os nutrientes necessários às diferentes funções do organismo como crescimento, reprodução, locomoção, batimentos cardíacos, respiração, dentre outras. É um sistema complexo, composto pela boca (com língua e dentes), faringe, esôfago, estômago, intestino delgado (dividido em duodeno, jejuno e íleo), intestino grosso (formado pelo ceco, apêndice cecal, cólons ascendente, transverso, descendente e sigmoide, reto e ânus). As glândulas anexas são as salivares, gástricas e bintestinais além de órgãos anexos como fígado, a vesícula biliar e o pâncreas.


2 Muitas vezes, para prevenir e diagnosticar doenças no aparelho digestivo, o cirurgião do aparelho digestivo José Walter Feitosa Gomes, um dos sócios da clínica Endoscopy, no Harmony Medical Center, especialista em coloproctologia, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e da Sociedade de Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica, indica exames como a endoscopia, colonoscopia, ultrassom abdominal e exames laboratoriais de rotina que devem ser realizados todos os anos ou de acordo com indicação médica.


3 “Nossa especialidade cirúrgica tem também como dever promover a saúde, orientando os pacientes a fazer exames de prevenção.

Buscamos diagnosticar doenças em estágios iniciais, evitando complicações graves e oferecendo uma cirurgia assertiva (convencional, laparoscópica ou robótica) para resolução de tal patologia”, explica o cirurgião do aparelho digestivo José Walter Feitosa Gomes.


4 Em relação ao exame de colonoscopia, ainda existem muitas dúvidas e medos que fazem muitos pacientes rejeitarem a sua realização. Só que, antes de desistir de realizar o exame, o médico endoscopista Fabrício Martins, um dos sócios da clínica Endoscopy, lembra que a colonoscopia é a único meio capaz de prevenir e diagnosticar o câncer de intestino, a quinta causa de morte por câncer, no Brasil.


5 “A Sociedade Brasileira de Endoscopia recomenda que todas as pessoas a partir dos 50 anos façam a colonoscopia. Caso o resultado do exame seja normal, não há necessidade de exame anual. O paciente deve repeti-lo em até dez anos, exceto, claro, em casos selecionados e que apresentem sangramentos, diarreias crônicas, em alguns casos de dores abdominais, história de pólipos anteriores ou parentes em primeiro grau com diagnóstico de câncer de intestino”, explica Fabrício Martins.


6 Antes do procedimento, o paciente deve fazer uma dieta pobre em fibras, rica em líquidos claros e usar laxantes para a limpeza de todo o cólon e melhor visualização de alterações. A colonoscopia é normalmente indolor e realizada com sedação. “Como usamos gás para distender o cólon, pode ter ao final do exame uma leve sensação de distensão abdominal que rapidamente passa. Mas, como todo procedimento invasivo, se o paciente sentir qualquer alteração, deve entrar em contato com o médico”, conclui Fabrício Martins.


Galeria

 

Geórgia Machado participou ativamente da Casa Cor Ceará 2017. A cirurgiã plástica foi uma das madrinhas do Bazar da Embaixadora, comandado por Thyane Dantas e jornalista Roberta Fontelles Philomeno, do O POVO, em prol da Santa Casa de Misericórdia, e participou do desfile do Atelier Solange Sahdo

[FOTO4]

Empresária Maria Sooder, cirurgiã plástica Geórgia Machado, Karla Lourenço e Valeska Rolim, no desfile do Atelier Solange Sahdo, na Casa Cor Ceará

[FOTO5]

Empresária Maria Sooder, cirurgiã plástica Geórgia Machado, Karla Lourenço e Valeska Rolim, na Casa Cor Ceará

[FOTO6]

Dentista Cláudio Albuquerque monta a 1ª Mostra de Arte, no Espaço Cultural Cláudio Albuquerque, dia 5 de dezembro, a partir das 18 horas. Serão fotografias dos cearenses Carlão Rocha e Régis Capibaribe. Parte da renda será revertida para a Santa Casa de Misericórdia

 

5 DICAS PARA PREVENIR CÁRIES


Cuidar da saúde bucal é imprescindível para quem deseja evitar a cárie e manter um sorriso bonito e saudável. Mas o que é a cárie? A dentista Romina Frota diz que cárie é uma doença oral de origem bacteriana que se caracteriza pela destruição localizada no esmalte dos dentes.


“É muito importante que a cárie seja tratada, pois caso isso não aconteça, ela pode prejudicar o dente do paciente”, alerta. A cárie pode atingir o estágio inicial no esmalte do dente e até invadir a dentina e chegar à polpa do dente.

[FOTO7]

A cárie acontece pela falta de higiene oral adequada e devido ao consumo excessivo de alimentos açucarados, que ocasionam o acúmulo da placa bacteriana nos dentes. “E uma das características dessa doença, que você talvez não conheça, é que ela pode ser transmitida de uma pessoa para outra através da saliva”, avisa.


E adotar novos hábitos bucais são determinantes para manter os dentes saudáveis, por isso a odontóloga nos dá algumas dicas de cuidados supersimples para incluir no nosso dia a dia.


1 - Redobre os cuidados na higienização noturna


2 - Escove os dentes pelo menos três vezes por dia


3 - Passe o fio dental no mínimo uma vez por dia


4 - Tenha bons hábitos alimentares, evitando doces


5 - Faça consultas preventivas ao dentista


GASTRONOMIA FUNCIONAL


Foi-se o tempo em que comida saudável era sem gosto, sem cor, sem vida. Hoje, esta receitinha de ovo poché ao molho beurre blanc com manteiga da marca Búfalo Dourado, dos chefs Gustavo Rigueiral e Larissa Januário, de São Paulo, veio para provar isso. O molho delicioso é indicado também para acompanhar camarões, vieiras e peixes brancos.


INGREDIENTES


Molho


200g de manteiga de búfala gelada, da Búfalo Dourado


100ml de vinho branco seco


100ml de creme de leite fresco sem lactose


50 ml de vinagre de vinho branco


1/2 cebola picada finamente


Sal a gosto


Páprica doce a gosto


PREPARO


Corte a manteiga em cubos e leve ao freezer para firmar bem. Em uma caçarola, coloque o vinho, o vinagre, a cebola e o creme e deixe ferver por 5 min. Passe a mistura por uma peneira. Despreze a cebola. Coloque a mistura em um bowl ideal para banho-maria (que possa ser encaixado em uma panela com água de forma que não encoste). Leve ao fogo brando. É importante que a água do banho-maria não ferva.


Aos poucos, vá incorporando os cubos de manteiga gelada e mexendo vigorosamente com a ajuda de um fouet (batedor de arame). O molho vai ganhar corpo e leveza à medida que a manteiga for incorporada. Retire a mistura do fogo e finalize com os temperos.

Dica: O prato pode ser servido com aspargos tostados.

Adriano Nogueira

TAGS