PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Alan Neto: Chove não molha

2018-12-29 01:30:00

- QUANDO todo o foco se volta pra saída de um goleiro - caso Everson - para o Grêmio e depois daí mais nada, é porque falta a este futebol criatividade. O futebol cearense também é pobre nesse quesito, contudo rico em soltar boatos.

- COMO não contrata ninguém de peso, contentando-se com refugos e apostas, gente desconhecida, apelar pra imaginação também é pura perda de tempo. Nossos cartolas contentam-se com o pouco que lhe oferecem ou, em último caso, a volta de quem já esteve aqui, não se deu bem lá fora, retorna como atração. De que ou de quem?

- REMETE à história da terra dos sapos. Se todos estão de cócoras, fiquemos de cócoras com eles. Essa possível transferência de Everson, com tanto disse-me-disse, versões desencontradas, cada qual fazendo sua parte de apresentar versões diferentes, acaba por se transformar num chove-não-molha sem fim.

- CEARÁ e Grêmio, por enquanto, fazem jogo de gato e rato, cada um querendo levar vantagem em alguma coisa da negociação. E onde fica o goleiro em tudo isso? Doido pra ir e ganhar projeção nacional. Se ficar, será uma frustração profissional.

PUXA & ENCOLHE

- ATÉ onde a vista alcançou, e o gato comeu, as cartas estão na mesa. Cada uma das partes, Ceará e Grêmio, naquela do puxa e encolhe.

- PRA ser melhor entendido. Pagar a multa contratual (R$ 6 milhões) o Grêmio refuga. Ofereceu a metade e mais o Marinho por empréstimo. Ceará que se vire pra pagar o que ele ganha lá, em torno de R$ 200 mil.

- ROBINSON de Castro pode até topar desde que o clube gaúcho pague os salários, compensando a outra metade que não embolsará da multa contratual do Everson. Repararam onde o bicho está pegando?

- NO meu programa da TVC, referendado pelo Trem das 5, o presidente alvinegro bradou do alto das tamancas - "Estão falando em nome do Ceará e eu desautorizo. Aqui só quem pode falar oficialmente sou eu mais ninguém" . Certíssimo. Panela em que muitos mexem vira gororoba.

- SITUAÇÃO está nesse pé. Acaba dando certo de um momento para o outro. Ou não. Enquanto isso, o Grêmio anuncia interesse por Júlio César, do Fluminense. Se é pra afrontar o Ceará não cola. Júlio César não é melhor que o Everson nunca.

JOGO DE EMPURRA

- MARINHO sempre foi bom jogador, mas não é flor que se cheire. Quando passou pelo Ceará, andou aprontando. Por onde passou também. Mas nada que desabonasse seu bom futebol.

- ÚLTIMA dele, pra refrescar a memória, aquela história do vídeo que gravou, botou nas redes, se oferecendo pra jogar no Flamengo. Resultado - queimou o filme com a torcida gremista que não o quer vê-lo nem pintado na parede.

- VOLTAR ao futebol cearense, pra quem sonha com a camisa do Flamengo, trata-se de um retrocesso profissional. Para o Ceará, um achado. Para o Grêmio, se verá livre do estorvo. E o Flamengo, pelo visto, nunca meteu Marinho em seus planos.

- PERGUNTO eu, responde você - tem que possa dormir com tanto barulho?

SONHO, SONHADO

- E O Rafael Sóbis, hein! Foi o nome mais badalado nos últimos dias por essas bandas.

- PRIMEIRO, o Fortaleza soltou boatos no mundo. Colar, colou. Não colou. Salário do jogador está muito além da imaginação financeira tricolor.

- DEPOIS, foi a vez do Ceará, não se sabe se por implicância ou pra fazer charminho. Nada feito porque o salário é proibitivo.

- DESTINO do atacante deve ser o Internacional. Futebol gaúcho, rico e poderoso, pagar R$ 200 ou R$ 300 mil a um atacante goleador é fichinha. E eu com isso?

BOCA DE FORNO

... FERRÃO faz amistoso hoje na Barra contra o Potiguar, de Mossoró. Deve ser um pouco melhor, ou menos ruim, que o Baturité e a turma do Sindicato dos Atletas... /// FORTALEZA agora quer um zagueiro chamado Ernando, reserva do Internacional. Não deve ser melhor que o Jussani. E assim caminha o futebol cearense com suas apostas nos reservas de outros clubes. Mesmo do Inter? Reserva é reserva em qualquer lugar do mundo e gato é um bicho... /// PELO andar da carruagem alvinegra será mesmo o Bueno em quem apostará para o lugar do Arthur. Aí é querer matar o torcedor alvinegro do coração.

ALAN NETO

TAGS