Alan Neto: Quando tudo vale...
PUBLICIDADE

VERSÃO IMPRESSA

Alan Neto: Quando tudo vale...

2018-11-23 01:30:00

- APENAS dois jogos (Atlético-PR e Vasco) definirão sobrevivência do Ceará no Brasileirão. Chegou a hora do vale tudo pra manter-se na elite.

 

- ATÉ mesmo jatinho, exclusivamente fretado pro jogo de domingo por conta da distância até Curitiba. Evita-se o senta-levanta-espera nas conexões nos aeroportos. Um porre!

 

- ROBINSON de Castro resolveu abrir a chave do cofre investindo R$ 200 mil (ida e volta) até capital paranaense.

 

- CAPACIDADE pra 50 lugares, além de todo elenco, comissão técnica completa, turma da fisiologia e alguns cartolas especialmente convidados. O próprio Robinson chefiará.

 

- NÃO consta que Mauro Carmélio tenha sido convidado. Nem precisava. Robinson ironizou ? time dele já subiu.

 

- AVIÃO da empresa Sideral, que costuma fazer este tipo de voo, incluso delegações de futebol, na hora do aperto pra cobrir distância mais rápido.

 

- COINCIDÊNCIA, trata-se do mesmo avião que foi alugado pelo Internacional pra se deslocar, voo direto, de Porto Alegre a Fortaleza naquele jogo do Castelão.

 

- JOGADORES, que adoram mordomia, aliás, tem seus encantos, vibraram com a ideia, pois, apesar de três horas direto, há tempo de sobra pra descansar a não ser aconteça alguma turbulência na viagem.

 

- VOLTA imediata, tempo de sobra pra partida final contra o Vasco, que tanto pode decidir, quanto já estar decidido, dependendo do que vier pela frente, combinação de resultados etc e tal.

 

DINHEIRO SUJO

 

- SOBRE tema mala branca/mala preta, a primeira pra incentivar a uma vitória, a outra pra perder de propósito, embora dinheiro de uma ou da outra seja o mesmo, meu Trem Bala, da TVC, todo dia, meio-dia, resolveu ouvir alguém especialista no assunto.

 

- ESCOLHEU a dedo o advogado Carlos Tolstoi, tantas vezes presidente do TJD, especialista em Direto Esportivo, logo, craque da matéria, puxando pai, Thiago Otacílio de Alfeu, naqueles bons tempos, não voltam mais, em que TJD era a sala de visitas do futebol cearense.

 

- POIS bem. Tolstoi foi direto ao ponto ? tanto a mala branca quanto a mala preta são igualmente imorais, dinheiro sujo. Se o dinheiro é o mesmo e a finalidade também trata-se de uma imoralidade.

 

- FOI mais além ? como fazer separação de uma e da outra, se as duas têm a intenção de influir no resultado de uma partida? Logo, este dinheiro é maldito.

 

- FEZ a inconfidência ? já houve caso aqui no futebol cearense de uma disputa da Série B estadual, em que conhecido dirigente que, ingenuamente, foi pessoalmente ao vestiário entregar dinheiro pra gratificar jogadores pela vitória. Ele foi excluído do futebol quando devia ter ido pra cadeia.

 

- TOLSTOI não tem papas na língua ? futebol é cheio dessas imoralidades. Basta ver o caso da Fifa, que expurgou vários dirigentes, um deles brasileiro, presidente da CBF, hoje cumprindo pena numa penitenciária dos Estados Unidos, enquanto dois outros presidentes dessa mesma CBF não podem sair do Brasil sob pena de serem presos na hora.

 

- ARREMATOU de forma contundente ? ora, se já houve compra de local de Copa do Mundo, apesar de nunca provada, cartolas expurgados do futebol pra sempre, mala branca e mala preta, apesar da imoralidade, na hora dessas é pinto...

 

CADÊ A GRAÇA?

 

- FORTALEZA se despede hoje, começo da noite, contra Coritiba, fora de casa, da Série B da qual já foi campeão, meramente pra cumprir tabela, pois seja qual for o resultado não alterará nem tisnará conquista do título. Torcedor tricolor exaurido de tantas comemorações, está se lixando pro resultado.

 

- O QUE vai interessar mesmo a ele é a palavra final de Rogério Ceni, se fica ou não no Fortaleza. Assunto que já encheu até as tampas, com aquele besteirol em coro ? fica Ceni, fica mito...

 

1 a 0 SEM GRAÇA

 

- CEARÁ venceu o Paraná (1 a 0) num jogo despido de emoção, através de um gol de pênalti feito por Juninho Baiano, primeiro tempo. Uma (quase) pelada diante de uma multidão que merecia algo melhor. Ainda bem para o Ceará, o Paraná é péssimo. Aliás e a propósito ? que graça tem gol de pênalti?

 

VEJA MAIS: CEARÁ - A MATEMÁTICA PARA A PERMANÊNCIA NA SÉRIE A | NA PRANCHETA #41

[VIDEO1] 

ALAN NETO

TAGS