Alan Neto: Mil coincidências...
PUBLICIDADE

VERSÃO IMPRESSA

Alan Neto: Mil coincidências...

2018-11-13 01:30:00
- RODOLFO ? pasmem ? autor do gol do título brasileiro do Fortaleza só entrou em campo quatro vezes vestindo a camisa tricolor. Jogo contra o Avaí entrou no decorrer da partida, sem jamais imaginar, seria o premiado com o gol histórico. Aliás, um gol de categoria, embora meio do Marcinho.

 

- PAR ou ímpar, já. Mil entre mil torcedores do Fortaleza sequer se lembravam que o Rodolfo estava ainda no Pici, ou dele sequer se lembravam. Aliás, colocado no topo da lista dos dispensados pro próximo ano. Perguntinha idiota. Depois do gol do título, ficará ou não?

 

- QUEM reparou? Ceni fez um giro, acabou fazendo um jirau. Como assim? Poupou cinco titulares, preservando-os pra decisão que seria contra o Juventude, aqui, quinta, mandando à campo um mistão. Duas, uma. Ou não acreditava que o Tricolor vencesse o Avaí lá dentro, daí poupar os melhores. Este tiro do Ceni saiu pela culatra, embora acabou dando certo.

 

- MAX Walef, goleiro reserva do Boeck, entrou em nova fogueira contra Avaí, fechou o gol, garantiu renovação do seu contratado por mais três anos, mesmo sabendo que continuará no banco. Tem jogador assim. Nasceu pra sentar no frio banco de reserva, lá se acostuma, de lá ninguém o tira.

 

COINCIDÊNCIAS? OUTRO BALAIO

 

- JÁ foi dito, mas vale repetir. Todas as decisões do Fortaleza não foram no Castelão, onde time não pode ver casa cheia que dá tremedeira. Quatro seguidas, inclusas as da Série C, do acesso, finalmente título. Contudo, não foi só ele. Ferrão também e ganhou o mesmo título brasileiro só que da Série D. Nos sete mata-matas, decisão foi fora, incluso a última, contra o gaúcho São José.

 

- CERTEZA do título na Ressacada não, mas como prevenir é preciso, na bagagem foi levada a camisa padrão da conquista que logo jogadores vestiram após o jogo. Nas arquibancadas, mais de 100 torcedores privilegiados.

 

- IRONIA do destino é pinto. Na foto do título, na Ressacada, não está lá o ídolo maior e goleador do Brasil, Gustagol, sim do desconhecido Rodolfo, o herói por acaso. E ficou aquela dorzinho de cotovelo no Gustavo. Minha tataravó já dizia duzentos anos atrás ? melhor bocado não fica pra quem não guarda e sim pra quem come...

 

- CENI vai querer explicar mil vezes porque botou mistão contra o Avaí e mil vezes não convencerá a ninguém.

 

- COMO vaidade de cartola é imensurável, ele jamais devia estar no carro dos Bombeiros da carreata, sim jogadores, enfim, maiores protagonistas, acima inclusive do técnico, pois são eles em campo quem decidem a parada.

 

FICA OU NÃO FICA?

 

- PREPAREM-SE. Vai começar outra novelinha chata, não, chatíssima, neste futebol divino e maravilhoso. Qual, cara-pálida? Ceni fica ou não fica? Renova ou não renova? E ele lá, intimamente adorando tanto paparico.

 

A MELHOR DE TODAS

 

- DAS mil manchetes, sempre com o nome do técnico Rogério Ceni em primeiro plano, a UOL veio de lá com a melhor de todas elas :"Fortaleza dá título a Ceni".

 

- EXPLICA-SE e justifica-se. O clube é eterno nos seus 100 anos. Técnicos, jogadores, cartolas, esses passarão. Mais adiante se transformarão em cinzas do passado.

 

CONTAGEM REGRESSIVA

 

- APÓS empate (1 a 1) aqui com Internacional, Ceará entra na contagem regressiva se permanece ou não no Brasileirão. Se merecia vencer o clube gaúcho? Nunquinha. Empate veio sob medida em jogão de bola.

 

- ACONTECE que Alvinegro precisará agora só de cinco pontos, assim como acontece que seus dois próximos jogos (Bahia e Fluminense) serão fora de casa, ambos, aliás, confrontos diretos. Quer dizer, todos, incluso Ceará, tentando salvar a pele.

 

CHEIRO DE MOFO

 

- SETOR de marketing do Ceará, que perde de mil pro marketing do Fortaleza, podem crer, apareceu de lá com uma promoção para incentivar torcedor alvinegro.

 

- NÃO caiam pra trás. Ganha uma camisa oficial quem acertar o público do jogo contra o Internacional.

 

- TIPO de promoção que meu Trem Bala, época da TV O POVO, já fazia, justos sete anos atrás. Recomenda-se ao marketing do Ceará reciclar-se o quanto antes. Está atrasado no tempo e no espaço...

ALAN NETO

TAGS