Trancos & barrancos
PUBLICIDADE

VERSÃO IMPRESSA

Trancos & barrancos

2018-10-30 01:30:00

- GOL de Quixadá, ontem à noite, logo aos 9 minutos (só assim ele faria) sem querer, pois zagueiro do Atlético Mineiro, rebateu em cima dele, desviando pras redes, deixando goleiro estático debaixo das traves. Sem querer também vale.    
 

- PARTIDA  de ontem, pra Castelão cheio, foi o quinto do Ceará neste Brasileirão às segundas. Se não for um recorde está perto.
 

- ALIÁS, jogo de ontem foi único no futebol brasileiro pós-eleição, naquela de  correr contra o tempo, cumprindo tabela recheada de tantos remendos,  conta de competições em cima da outra, não bastasse jogos da seleção, amistosos sem qualquer graça. Por sinal, vem mais dois purgantes por aí. Eita, pau!
 

- SURPRESA jogo de ontem à noite improvisação de João Lucas na meia-esquerda, devido a virose acometida por Calyson, mantendo Jonatan na lateral esquerda. João Lucas deu mais mobilidade ao Ceará, por ser um jogador intenso.


PASMACEIRA TOTAL
 

- GOL de empate do Atlético-MG, feito por Cazares, surgiu de tabelinha de três jogadores, diante da pasmaceira total dos zagueiros, que apenas assistiram ao lance. Faltou reflexo, faltou mobilidade, permitindo adversário entrar livre e escolher canto, deixando Éverson sem poder de ação. Tabelinha bem feita é mais de meio gol. Depois ficam reclamando, com razão, de impedimento.

TRAVESSIA DA AGONIA

- NESSA travessia da agonia, passado jogo de ontem, virão pela frente os chamados confrontos diretos.
 

- PRA melhor ser entendido, são os chamados jogos contra adversários que também disputam, a sangue e fogo, pontos salvadores para não serem rebaixados. Sport, por exemplo, na Ilha, um dos próximos, deve ser o mais difícil deles.

INFERNO PARA TRÊS

- EXCEÇÃO do Paraná, irremediavelmente perdido, pois nem Deus salva, há pelo menos seis clubes, no rol deles Ceará, se debatendo pra não serem rebaixados.
 

- CONTA de quatro que cairão, isso posto, três vagas estão em aberto, daí cada três pontos ganhos, tornam-se uma festa. Enquanto três perdidos, caminho do inferno encurta cada vez mais.

- EXCEÇÃO do Paraná, irremediavelmente perdido, pois nem Deus salva, há pelo menos seis clubes, no rol deles Ceará, se debatendo pra não serem rebaixados.
 

- CONTA de quatro que cairão, isso posto, três vagas estão em aberto, daí cada três pontos ganhos, tornam-se uma festa. Enquanto três perdidos, caminho do inferno encurta cada vez mais.

BOCA DE ESPERA

- TÉCNICO Levir Culpi, veterano no ramo, é para o Atlético-MG assim como Dimas Filgueiras sempre era pro Ceará.
 

- QUER dizer - quando técnico fracassa no comando, time entra em desespero, diretoria em polvorosa, chama o Culpi que está sempre ali por perto na boca de espera.

PEDRAS & CURVAS

- PRECISAMENTE aí onde reside a diferença do veterano para o novato. O primeiro conhece o caminho das pedras, removendo uma a uma. O outro sequer sabe onde fica a próxima curva...


MORDE & ASSOPRA

... QUER dizer então que empate do Fortaleza com a Ponte Preta (1 a 1) foi por conta da ausência do Marlon? Ora, ora, façam-me cócegas. No solado do pé...
 

... BOLO da comemoração do acesso contra a Ponte, que esqueceram de levar, foi encontrado já mofado no armário do Ceni no CT de Maracanaú...
 

... SE técnico tricolor não consegue consertar defeito do ótimo ponta Marcinho, ensinando-lhe a driblar pra fora, ao invés de só pra dentro, ou será que o Ceni nunca enxergou isso?
 

... OK, ok, Romarinho perdeu o gol do acesso fazendo o mais difícil, até porque o mais fácil ele também não sabe fazer, mas porque cargas d’água ainda é escalado? Vem a ser aquele da rasteira de araque em cima do Ceará, que se livrou de um grande blefe...


 ... E A PONTE, hein! Nem caiu, nem deixou Fortaleza subir por antecipação. Virou espécie de estraga-prazeres na vida do Tricolor...

ALAN NETO

TAGS