PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Densos mistérios

2018-07-24 01:30:00

 

- TEMPO frio no Beira-Rio ontem à noite, bola rolando, Inter x Ceará temperatura chegou aos 4 graus, de titiricar os queixos, normal nesta época do ano em Porto Alegre.

- JOGO segunda à noite acabou sendo grande sacada da CBF, cem vezes melhor que domingo 11 da manhã, especialmente no Nordeste. Baseada em que se em todo lugar do mundo tem por que no Brasil não poderia ter.

- INDEPENDENTE do resultado de ontem, números não mentem, assim como as cartas, indicavam - pasmem - vantagem do Ceará sobre o Internacional, inclusos três últimos jogos.

- A ISSO chamam de tabu. Pode ser, pode não ser, mas lenda criada acabou virando real, em futebol com especialidade. Quer dizer, vantagem alvinegra vai ser um custo Inter tirar.

- HÁ explicações para tabus? Não há, jamais haverá. Resultados vão acontecendo, dependendo dos números, positivos ou negativos, o tabu vai se formando ou não.

- TEM graça tabu? Mesma graça que tem as zebras, sem as quais futebol não teria menor graça.Tabu, se é assim, embarca nesta canoa e seus densos e insondáveis mistérios.

TRANCOS & BARRANCOS

...FORTALEZA volta hoje à noite ao Castelão, seu aconchego, para enfrentar Avaí, coincidentemente no mesmo G-4.

...TRICOLOR leva vantagem de, mesmo aos trancos e barrancos, se segurar na liderança da Série B. Pelo andar da carruagem, virará o turno no G-4, mesmo que não necessariamente na liderança.

...COMO não se troca pneus de carro em movimento, difícil em pleno andamento de uma competição um time se reformular, voltar a ser o que era.

...DAÍ diretoria ter apelado pra preencher vagas dos que deixaram Tricolor desequilibrado, casos de Edinho, Gustagol e Osvaldo. Os que chegaram não disseram a que vieram. Vai demorar um pouco pois entrosamento demanda tempo e paciência.

...AVAÍ, adversário de hoje, é bom time, já esteve na Série A, voltou, agora tenta retornar. Mesmo objetivo do Fortaleza.

OLHAR DE LINCE

- COMO quem balança as redes vira xodó da torcida, Cariús teve seu nome mais gritado pelos torcedores no desembarque do Ferrão,.

- NEM lembro quando Ferroviário teve recepção tão festiva. Sua torcida pode ter definhado com passar do tempo, contudo, mesmo pequena continua barulhenta.

- DOIS passos, apenas do título de campeão brasileiro, não vem ao caso por qual Série, mesmo D, onde Guarany de Sobral quatro anos atrás também chegou lá.

- QUEM pede pro Ferrão voltar ao seu padrão tradicional, igual ao do São Paulo, faça-me o favor mudar de ideia. Camisas, com faixas no meio, forma vertical, tipo Vasco, deram sorte, dali não sairão nunca mais.

- WALMIR Araújo, em sua fala, citou Jurandir Júnior, que vale por uma diretoria, quando aportou na Barra, feito gerente-geral, tudo mudou da água pro vinho. Quem conhece o caminho das pedras, nelas não tropeça.

COFRE GORDO

NEM mesmo Ceará, sabia paradeiro do zagueiro Pablo, lá revelado, acabou ganhando mundo. Ultimamente no Bordeuax da França foi negociado com o futebol da Rússia.

POR ter vindo do Ceará, clube faturou R$ 1,3 milhão, mole-mole, sem fazer força.

RASTILHOS

PRAGA em Chamusca foi tão grande, até hoje, não conseguiu ser contratado por ninguém.../// FERRÃO vítima de xenofobia por parte dos torcedores do São José por conta de ser nordestino. Dor de cotovelo é assim mesmo. Nem melhor remédio do mundo consegue fazê-la passar.../// MAIS discreto no desembarque festivo do Ferrão, técnico Marcelo Vilar até fazia questão de não ser visto. Mas quando trocou o certo pelo duvidoso, quis fazer aquilo que mais sabe e gosta, quer dizer, técnico de futebol. E dos bons.

TAGS