PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

A última bala

2018-07-26 01:30:00

- RÁPIDO no gatilho, pois já estava na agulha, Fortaleza fechou contratação do baixinho Éderson pra resolver problema de gols.

Resolverá? Ponto de interrogação.

 

- FOI mais fácil com ele, estava ali em Natal, apenas pediu tempo, contrato acertado, tanto que ontem já treinava no Pici.

 

- ÉDERSON tem origem alvinegra, nada a ver com a outra, pois no Ceará não teve vez, saído das bases, embora voltasse, três anos depois. Também não deu nos couros, voltando ao Paraná.

 

- FASE do estouro aconteceu no Atlético-PR quando chegou aos 21 gols, artilheiro do Brasileirão 2013, jogando enfiado, apesar da pequena estatura, não apropriada para quem atua com a 9.

 

- LÁ pras tantas, primeira coletiva, tudo tão rápido, vapt-vupt, Ceni quis matar curiosidade. Qual? Se quando atuou pelo Atlético-PR conseguiu vazá-lo no gol do São Paulo.

 

- PRONTA-resposta de Éderson - sim, uma vez. Você não lembra? Ceni, então, maior goleiro do Brasil, jurou que não. Então, tá.

 

- ÚLTIMA bala na agulha do Pici, pra resolver problema de gols, até volta do Gustagol, aumenta responsabilidade de Éderson. Mesmo porque a queda continua após empate com Avaí. Quem vive de desafios, mais um, menos um, não fará a menor falta. Se der, deu. Se não der, aí é azar ou praga.

 

RETRATO FALADO

 

...EMPATE com Avaí, torcida tricolor não perdoou. Tome vaia trovejando no Castelão.

 

...OUVIRAM-SE alguns gritos de "burro, burro", em direção a Ceni, que fingiu não ser com ele. Mas era.

 

...ATAQUE que, durante o jogo, chuta 16 vezes e não acerta uma, recomenda-se botar o pé na forma de todos.

 

...SÓ tem uma coisa. Se Dodô tem acertado aquela bicicleta, seria disparado gol mais bonito da Segundona. Aranha fez defesa tão bonita quanto a bicicleta. Um lance antológico.

 

... MARLON, cuja bola esqueceu no Sampaio, pois murchou, foi o mais vaiado após partida, quer dizer, está na mira do torcedor, que não perdoa.

 

O FELIZARDO

 

JUNINHO Quixadá, no Ferroviário recebia R$ 3 mil por mês, no Ceará receberá R$ 30 mil. Noves fora, quer dizer, R$ 1.000 reais/dia. Nunca imaginou chegar a tanto. Por unanimidade o felizardo do ano.

 

SEM PÉ NEM CABEÇA

 

- DIRETORIA do Ceará vem a público, explicar por qual razão resolveu privilegiar o sócio-torcedor.

 

- TÃO sem pé nem cabeça, preferível ter ficado calada, pois em boca fechada não entra mosca, nem sai elefante...

 

MORDAÇA NELES

 

...ONZE entre onze atletas do Ceará, titulares,podem incluir também reservas, se tivessem vez e voto, escolheriam jogar no Castelão.

 

... MANDA quem pode, obedece quem tem juízo, mordaça neles, ninguém opina, ninguém diz nada, pra não cair na desgraça do Lisca.

Diretoria pode? Nem ela, pra não constranger treinador. Hierarquia mandou lembrança.

 

PINGA - FOGO

 

- ÁREA técnica do Fortaleza, Ceni abria o berreiro, esbravejava, gesticulava, acusava árbitro e regra-3. Enquanto do outro, tranquilo feito um budista de cabelos brancos, Geninho não descruzava os braços, não dava um pio. Olhava, sim, pra Ceni, apenas de soslaio.

Moral da história - o come-quieto empatou com gosto de vitória. O esbravejador perdeu pontos preciosos, seu time, progresso zero, torrando toda gordura, além de estrepitosamente vaiado.

TAGS