PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Um beco sem saída

2018-06-05 01:30:00
SE já estava ruim com o Chamusca, com Jorginho, o Ceará ficou muito pior. Depois de três derrotas seguidas, em apenas dez dias, zero ponto, como legado time na lanterna, ele, Jorginho, ficou num beco sem saída.

 

ANÚNCIO da sua saída, embora tenha pedido para não ficar mais, não influiu nem contribuiu. Ninguém lamentou, mas também ninguém vibrou. Afinal, era o menos culpado.


DEVE ter chegado à conclusão de que, com aquele elenco de péssima qualidade técnica para a Série A, bem entendido, tinha chegado à exaustão. A tendência era piorar mais.


NÃO esquecer, contudo, que Jorginho conseguiu o feito de barafundar o Ceará, sem sequer montá-lo num sistema tático. Ou não teve tempo ou não tinha peças para tal.


VINDA de Lisca para seu lugar, aqui pra nós, cadê a graça?


TROTE OU PESADELO?


OPÇÃO por Lisca, que sempre foi o primeiro da lista do presidente Robinson, também nenhuma novidade. Seria ele ou mais ninguém. Manda quem pode.


ÂNSIA de resolver o problema, Robinson ligou para Lisca às 2 da madrugada de segunda. Sem mercado, ele até pensou fosse trote ou pesadelo. Qual nada. Era um sonho dourado.


A SENHA DADA


... NA tradicional coletiva, após a derrota para o Cruzeiro, Jorginho, voz carregada, ar desolador, deu a senha.


... SEM tirar nem por - “Assim fica muito difícil. Falta qualidade, falta preparação, falta tempo maior”.


... SÓ não entendeu quem mesmo não quis. Duas horas depois ele comunicou ao presidente de que estava saindo.


... SEU destino poderá ser o Vasco. Coitado do Vasco...


DESVIO DE ROTA


FORTALEZA embarcou para Goiânia, 17 horas. Uma euforia só, com torcedores no aeroporto fazendo a festa.


FOTOS, selfies, autógrafos para quem quisesse. Gustavo o mais procurado, protegido por seguranças. Só quem pode.


CEARÁ devia embarcar uma hora antes (16 horas). Com medo de represália dos torcedores diretoria desviou a rota.


OU seja - delegação veio pelo aeroporto antigo já entrando direto no avião. Como quem tem...tem medo, no aeroporto dos alemães não havia uma viva alma de torcedor alvinegro. O estoque de protesto e vaias havia se esgotado.


FIO (MUITO) ESPECIAL


(1) - LISCA, que pode ser doido mas não é tolo, como garantia exigiu contrato até o final do ano. Emperrou aí.


(2) - CENI, quem diria, hein? É chegado a uma superstição. Querem ver? Depois que o Fortaleza embalou, disparando na Série B, nunca mais deixou de usar a camisa azul social.


(3) - PARA quem quisesse ver, Vasco postou a foto de Raul, que o Ceará numa bobeada monumental perdeu seu passe, vestindo a gloriosa camisa vascaína.


(4) - AINDA bem alguém lembrou-se do aniversário do Ceará. Quem? Goleiro Éverson que usou nas costas o número 104. Mesmo assim não evitou mais uma derrota.


HORA DA VINGANÇA


... HOJE contra o Vila Nova, parece que estou vendo, o Alan Mineiro que saiu do Fortaleza com queixas de Ceni, querer comer até a grama do Serra Dourada, tudo isso para dar o troco. Mineiro só não disse que não emplacou porque deixou sua bola murcha, exatamente no Vila Nova. Ceni deu-lhe todas as chances. Ele não aproveitou nenhuma. Ele, Alan Mineiro, só pensava naquilo, ou seja, voltar logo ao Vila.

 

VEJA MAIS: CEARÁ E A NECESSIDADE DE REFORÇOS | NA PRANCHETA #20

[VIDEO1] 


ALAN NETO

TAGS