PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

O Efeito Lázaro...

2018-06-01 01:30:00

NÃO é de agora que o Ceará adora ressuscitar quem está na zona de rebaixamento. Embora lá também esteja, de lá não sai, de lá parece não querer sair.

AGORA, foi a vez da Chapecoense, até então, em rota de desespero com tantos pontos perdidos, estrebuchando na zona maldita. Levava a vantagem de jogar em casa, assim como não teve a menor dificuldade de vencer (2x0) o Ceará.
 

OITO jogos sem vencer, a campanha alvinegra faz a sua torcida entrar em completo e total desespero. Sai técnico, entra técnico, o time continua no atoleiro. Ao que tudo indica ainda não será Jorginho que conseguirá tirá-lo de lá.
 

PELO menos se insistir e persistir no modelo tático como tal losango que ninguém entende ou em promover mudanças trocando o que já vinha ruim por outros piores.
 

CATANDO PALAVRAS
 

- DIFERENÇA entre Chamusca e Jorginho, que entrou cheio de esperanças, por enquanto mudança zero à esquerda. Chamusca pelo menos tinha o dom da palavra. Apesar do discurso vazio, cheio de firulas gramaticais deixando os imbecis boquiabertos. Jorginho tem imensa dificuldade de coordenar frases, catando palavras por vezes desconexas. Meteu um tal “trotando”. Não cabia, nem ninguém entendeu.
 

SEM PÉ, NEM CABEÇA
 

... NEM se discute que o Ceará precisava fazer mudanças. Só que Jorginho contra a Chapecoense extrapolou as medidas.
 

... ESCALOU como dupla de atacantes Hyúri, ruim de doer, e Douglas Coutinho, este, então, desarreda. Fez estrear Fabinho, que, em campo, sequer sabia para onde correr, nem onde se colocar. Outra lástima. Coitado.
 

... SALVOU-SE quem, cara-pálida? Éverson, embora no gol de falta o reflexo foi lamentável. Nem se mexeu.
 

VENTO (SEMPRE) A FAVOR
 

QUANDO o vento resolve ajudar, soprando a favor, tudo dá certo.  Futebol, principalmente, está incluso neste rol.


CASO do Fortaleza, onde tudo que Rogério Ceni faz dá certo, embora nem precise mexer. Só manter a mesma formação.
 

REPETE-SE a milenar lenda do - time que ganha não se mexe. E se for pra mexer só em última necessidade.
 

OSVALDO foi embora. Ceni, como não tinha um especialista, resolveu apelar para a improvisação. Até nisso deu certo.
 

UM dia a fase passará. Torcida só espera que demore muito.
 

JOIOS & TRIGOS
 

- PARA evitar mais tumultos, não bastasse o clima hostil, por medida de segurança, Ceará não revelou hora do desembarque ontem da delegação. Quem tem...tem medo.
 

- SE é que serve de consolo, Ceará só não é lanterna porque está um quesito à frente do Paraná, os dois piores da Série A.
 

- DE mês em mês, dependendo do humor, Ceni resolve dar uma coletiva à imprensa, aliás, coletânea de obviedades.
 

- ALÔ, alô, Robinson de Castro. Zidane acaba de deixar o Real Madrid. Não seria uma boa para o lugar do Jorginho?
 

- FORTALEZA tem em Derley tudo aquilo que falta ao rival Ceará. Os que estão lá em Porangabuçu não dão um caldo.
 

FERROADAS...
 

... LÁ se vem de novo o Cordino no caminho do Ferroviário. De tanto se enfrentarem um dia ums dos dois aprende.../// PROCURA-SE o gerente de Futebol Segurado, do Ceará. Nem entrevista dá. Quando vê um microfone na sua frente, corre às léguas.../// QUE bom jogador este Dodô do Fortaleza. Entre ele e o Jean Patrick, os dois de volta...

ALAN NETO

TAGS