PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Torre de Babel

01:30 | 16/05/2018
QUE Chamusca já devia ter recebido as contas, nem se discute. Que o presidente Robinson já devia ter mostrado o olho da rua pra ele, precisamente aí onde a coisa emperra. Ou seja - um não pede. Nem o outro dá.

 

CEARÁ na penúltima colocação do Brasileirão, a situação passa a ser vexatória. Na frente apenas do Paraná, outro que faz um papelão na competição. Há 5 jogos o Alvinegro não vence ninguém. Tem alguma coisa errada aí? Ou muitas?

CHAMUSCA conseguiu fazer do Ceará uma saramandaia. Ninguém entende ninguém dentro de campo, torre de babel virou cartilha de jardim de infância. Para se ter uma ideia, nenhum setor se entende, todos falam idiomas diferentes.

COMO a história da Carolina, aquela da janela, o Brasileirão chegou feito rolo compressor, só o Chamusca não viu.

TEMPO PERDIDO

- CONTADO nos dedos, visão privilegiada, houve ocasião no jogo com o América-MG em que os jogadores do Ceará trocaram 18 passes na meia cancha. Para os lados.

- ISSO é próprio de quem não sabe para onde ir, nem o que fazer. Aliás, se querem saber, entre Ceará e América-MG, trocando um pelo outro, nenhum dos dois de volta.

A VOVOZINHA E O ABISMO

... TRÊS chutes mais perigosos desferidos pelo Ceará de autoria de Pio. Duas defesas monumentais do goleiro mineiro. Até a vovozinha sabe que o Pio é volante chegando de frente para o gol. Menos o Chamusca.

... COMO microfone pega tudo, até praga, Richardson ontem na coletiva - “Estamos no caminho certo”. Como é, cara-pálida? Que caminho é esse que levou o Ceará a vice lanterna da Série A? Só se for o caminho do abismo...

LENGA-LENGA DO TITE

- É BESTEIRA. Toda coletiva em futebol é igual em qualquer lugar do mundo. A do Tite, para não fugir à regra, apesar de toda pompa e circunstância global, o carimbo foi o mesmo.

- RELAÇÃO dos convocados, nenhuma surpresa. As mesmas caras de sempre. Meteram um tal de Taison que deve ser a repetição do Hulk. Lembram dele, aquele do balaio mole e enorme de baiana, grande descoberta do Felipão? Cadê ele?

- EXCEÇÃO de três - Fagner, assim mesmo porque o tatuado Daniel Alves terá que operar o joelho; Cássio, que será terceiro goleiro; e o Geromel, que não se perca pelo nome, mais nenhum outro brasileiro.

- CONCLUSÃO inevitável. Brasil que vai à Rússia está todo no exterior. Menos aqui. Se é assim, que parâmetro tem o Brasileirão para servir de avaliação? Zero. Deixar de fora um Rodriguinho é de mandar o Tite para as profundezas.

- COLETIVA, primor de baboseiras. Lá pras tantas jornalista conhecido instilou a pérola -”Você confia que traremos o hexa?”. Aí mudei de canal.Fui ouvir a reza do pe. Antônio...

AGULHA NO PALHEIRO

(1) - ROGÉRIO Ceni procura alguém para o lugar de Osvaldo como se procura uma agulha no palheiro. Ou seja - não achará nunca.

(2) - TÉCNICO Enderson Moreira, do América-MG, passou mais tempo de cócoras bebendo água do que de pé. Ok, ok, e eu com isso?

(3) - PÊNALTI inexistente em Élton, digno de árbitro caseiro, aquele magrão que tinha preguiça até de correr...

(4) - PIO bateu o pênalti e saiu sorrindo. Não se sabe da cara de quem. Só podia ser do goleiro.

(5) - PEDRO Ken pegou um gancho de 6 meses flagrado no dopping. Essa história continua ainda não foi bem contada. E sabe quando será? Nunca.

ALAN NETO