PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

A maratona de Ferroviário e Uniclinic

01:30 | 13/03/2018

NÃO tenham uma síncope. Muito menos um infarto. Contando de ontem a noite, Ferroviário x Uniclinic, até domingo estão contabilizando nada mais, nada menos do que sete dias, sete jogos. Eita, pau pereira! Estupidez igual impossível. Melhor dizendo — só aqui.

EXCEÇÃO feita, apenas, a sexta, assim mesmo por muito favor. Talvez por esquecimento de que o dia está no calendário semanal. Mas, não percam de vista. Hoje, mais uma partida, amanhã outra, quinta também. Depois daí me perco neste labirinto de incompetências.

NESTA barafunda de partidas, maioria inexpressivas, salva-se, como atração de público, quinta, Ceará x Atlético-PR, valendo pela Copa do Brasil. Um dos dois vai sobrar na curva. Há uma atenuante. Pelo menos o torcedor terá chance de limpar a vista.

EM tudo isso, porém, vai um alento. Final da enxurrada, se conhecerão os quatro que irão pra fase do mata-mata, até a final, em dois jogos. Estão apostando as fichas em Ceará e Fortaleza. Não boto a mão no fogo. Não botem também. 

AÇÚCAR OU ADOÇANTE

FALTOU a ser dito. Se-lo-á, agora. VOLTA de Romário ao Ceará é mais um café requentado servido das caras manjadas. Açúcar ou adoçante? À sua escolha, QUE graça tem a volta do Romário? Absolutamente nenhuma  

PÉ DE COELHO? 

ATENTARAM pro detalhe? De repente, o Domingão de Horizonte virou pé de coelho de Uniclinic e Floresta. Sabe-se, inclusive, caso do Uniclinic, mudou-se pra lá de armas, bagagens e bregueços. Vale tudo pra chegar à semifinal. ALIÁS, o Domingão está um abandono cruel. Iluminação péssima, mais parece de lamparina. Jogo de ontem, prato cheio pras muriçocas, baratas e vaga-lumes.  

PRA completar. Prefeito Chico César nem aí pro estádio. Negócio dele é só futsal. E o Domingão? Que se exploda! 

PIRULITO AMERICANO  

... CONTANTO minimizem a violência nos estádios, os poderes públicos encontraram uma saída. Porém, mofada. 

... VAMOS a ela? Implantação de cadastramento dos torcedores e implantação de biometria nos portões de entrada. 

... ESSA do cadastramento, remonta dez anos atrás, jamais emplacou, não passou de papo furado e tufos de fumaça. 

... QUANTO à biometria, cabe pergunta inútil — quem pagará os custos altíssimos — Governo, Prefeitura, clubes? 

... VALE um par ou impar, já, seguido de um gigantesco e multicolorido pirulito americano...

ALAN NETO