PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Boatos ou verdades

2017-12-18 01:30:00
NULL
NULL

UMA COPA DO BRASIL DAS ARÁBIAS


TEMPO passando, pouco a pouco o Fortaleza vai rearrumando sua casa para próxima temporada. Chegada à Série B, Rogério Ceni, novos ventos, outros tempos.


REFORÇOS medidos e pesados pra não cometer mancadas, como a (quase) vinda de Derley cujo hobby é dar cabeça em árbitro de futebol, razão pela qual pegou gancho de 180 dias.


BOA nova é Alan Mineiro, cantado em prosa e verso como craque.

Todo cuidado é pouco com boatos nesses tempos de leite de pedra. Tem experiência de Série B.


NÃO é tudo, mas ajuda por ser camisa 10, conhecer a posição. Um jogador de perfil intenso, já calejado. Éverton também era e foi um fiasco nas duas voltas.


POR último, Tricolor anuncia vinda de Germán Pacheco. Misto de argentino/espanhol, mas que estava no Alianza de Lima. Tem dupla nacionalidade, etc e tal.


NÃO esquecer. Toda experiência com jogador sul americano aqui, tanto Fortaleza, quanto Ceará, redundou em colossal fracasso. Trata-se apenas de um mero aviso.

[FOTO1]

TORNEIO FAZ DE CONTA


... VEM aí a Copa do Brasil, um torneio das arábias ou se quiserem uma competição fez de conta...


... PRA começar são 80 (pasmem!) clube de uma raquetada só. Ou seja, todo bicho de orelha entra....


PRA dar celeridade aos jogos, a CBF faz realizar apenas uma partida.

Sem essa de ida e volta.


... QUEM jogar como visitante basta empatar pra continuar no torneio. O da casa está na obrigação de vencer.


... CEARÁ que estreia contra o Brusque, lá onde o vento catarinense faz a curva, joga pelo empate e vitória.


... FERRÃO e Floresta que debutam na competição, estrearão em casa, PV, com obrigação de vencer.


... QUEM inventou Copa do Brasil tão chafurdada, merecia ir pro xilindró. Por enquanto o Del Nero está suspenso. Cadeia nele!


... E O Grêmio, hein! Que papelão! Perdeu de 1x0 quando merecia ter perdido de cinco ou seis. Real Madrid deitou e rolou, dominou diante de um adversário medrosamente retrancado. Uma vergonha. Se perder de pouco foi bom negócio, aceita-se com a cara no chão. Se os atacantes do Real não chutasse tanto mal, por cima e por fora, o vexame seria muito maior. E o paspalhão do Renato Gaúcho não espahou que iria encarar o Real de igual pra igual? Levou uma doidinha. Jogo parecia mais um match-treino ou ataque contra defesa.

Adriano Nogueira

TAGS