PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Armado até os dentes...

2017-11-09 01:30:00
NULL
NULL

ESPERA PELO SIM DE ROGÉRIO CENI
 

VIAGEM ao túnel do tempo, 40 anos atrás, Ruy do Ceará, maior dirigente que o futebol cearense teve, cunhou frase genial. “Time ganha jogo, diretoria ganha campeonato”.
 

ROBINSON de Castro resolveu adotar este lema na reta final do Ceará na Série A. Armado até os dentes, partiu para o campo do protesto. Ao vivo e em cores.
 

PROTESTO via portador, nem sempre confiável, não tem o mesmo efeito. Quem quer vai. Isso posto, após estopim do gol anulado de Richardson, Ceará foi pra briga e pro grito.
 

VALENDO-SE do badalado prestígio de Mauro Carmélio junto ao presidente da CBF, Del Nero, Robinson lavrará o protesto olho dentro do olho.
 

NO seu alforje de reivindicações para os os próximos quatro jogos, Ceará vai exigir árbitro Fifa. Espera ser atendido. E se não for? É porque há algo no ar cheirando a trama de ver o Alvinegro não chegar à Série A.
[FOTO1] 

ATA OU DESATA
 

. ROGÉRIO Ceni está oficialmente confirmado.
É o técnico que o Fortaleza quer pra Série B.
 

. NOVO presidente tricolor Marcelo Paz, pra marcar presença, dizer a que veio, foi pessoalmente conversar com ele.
 

. LANCE tão audacioso, muitos acreditavam não tivesse fundamento. Tinha, tem, procede, além de verdadeiro.
 

. PONTO tal que os grandes jornais paulistas abriram espaços abrigando o fato, claro, por se tratar de Ceni.
 

. PROPOSTA tentadora (R$ 150 mil), comissão técnica à parte, mexeu com os alicerçes de Ceni.
 

. PODIA, como até pode, ter batido o martelo. Pediu mais um tempo pra pensar se possível dez vezes.
 

. ATA ou desata, Marcelo Paz não perde a calma. Outra opção qual seria? Pronta resposta: “Só há uma, Rogério Ceni”.
 

CONTRAPONTO
 

... GOL lícito anulado pelo bandeirinha desviou o foco da fraca atuação do Ceará contra o limitado Guarani de Campinas. Desviar a atenção é uma coisa. Convencer ao torcedor é outra. Verdade, verdadeira: se o Ceará fosse, em campo, superior ao Guarani teria vencido com facilidade. Pior vem agora. Time repetiu a dose contra o Juventude, com um futebol sem inspiração, quebrando a bola. Se o Ceará tivesse sido superior teria aplicado uma goleada. Aquele empate em casa teve travo de derrota. Faltaram as vaias. Sobraram os protestos... 

 

RASTILHOS. O QUE seria do Ceará sem Magno Alves pra salvar a pátria? /// ÉLTON é goleador sazonal. Um gol aqui e outro quatro jogos depois /// TORCIDA do Ceará aos gritos: “Lisca, Lisca”. E o Marcelo Chamusca ali ao lado ficou todo encabulado.
A gratidão também é bíblica.... 

ALAN NETO

TAGS