PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Afinal, chega ou não chega?

01:30 | 14/11/2017

QUANTO VALE O ESPERADO ACESSO?

CEARÁ volta hoje ao Castelão, onde fica mais à vontade, embora nem sempre, pra enfrentar o Paysandu, cuja principal característica é a de ser um time imprevisível.

HÁ um dado interessante, até mesmo esdrúxulo, na rodada de hoje. Vamos a ele? Dependendo, antes de mais nada de si mesmo, além de combinação de resultados na rodada, o Ceará pode deixar o Castelão já com o acesso debaixo do braço. É vero.

FICAR na dependência de fulanos e beltranos, recomenda-se ao Alvinegro pensar primeiro nele. Existem dois concorrentes no seu encalço: Oeste e Londrina. Este com subida feito foguete.

PAYSANDU, adversário de hoje, não tem possibilidade de subir mais. Também não descerá. Incorpora a condição de livre atirador. Tanto faz ganhar quanto perder. Pode ter sido atraído por alguma mala invisível que se assemelha a lenda das bruxas.

SÚBITA turbulência alvinegra pode ser atribuída a alguns fatores. Principal deles: mudanças que o Chamusca promove, somada à teimosia insistindo com determinados jogadores cuja bola de repente secou. Instile-se o quesito exaustão pra alcançar a linha de chegada, sem esquecer a ansiedade que se apossa dos jogadores. Enfim, humanos e não robôs.


Pedro Ken de volta hoje pra dar estabilidade à meia cancha MATEUS DANTAS
Pedro Ken de volta hoje pra dar estabilidade à meia cancha MATEUS DANTAS

O GATO OU O RATO?

. CADÊ a bola redonda do Ricardinho? O gato comeu ou o rato roeu?

. CEARÁ gritou, não perdeu a boiada, árbitro Fifa. Atendido. Como se apitador Fifa não cometesse mancadas.

. BORDA do campo, dois oradores da mesma escola. Chamusca e Marquinhos. Que maravilha vê-los falando...

. LEANDRO Carvalho não joga por força de cláusula contratual. Que falta por acaso fará? Nenhuma.

. QUEM entra em seu posto, Roberto, aquele que corre mais que a bola. E se fosse o Cafu, oh não, mil vezes não.

EXIGÊNCIA & OUSADIA...

... QUEM teve acesso as cláusulas contratuais de Rogério Ceni com o Fortaleza contou pelo menos dez exigências.

... TODAS, claro, prontamente atendidas. Uma delas refere-se ao valor da multa contratual.

... TEM uma mão ou duas? Dúvida no ar. Via de regra o peso é igual, mas há casos que existem exceções.

... TRAZER Ceni pra Série B não tem preço. Nesse tocante Marcelo Paz já marcou presença como o presidente do centenário.

... QUEM no lugar dele ousaria chegar a tanto?

SEGREDO tumular da diretoria do Fortaleza em não revelar hora da chegada de Ceni, incluso voo, tem um objetivo. Evitar que torcedores compareçam ao Pinto Martins, acabando com o mistério que cerca sua presença amanhã no Castelão, quando será apresentado oficialmente. Faz sentido. Ceni, enfim, não é qualquer um. Tem que ser tratado como um mito. Então, tá!

ALAN NETO