PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Doze pontos para chegar lá

2017-10-17 01:30:00
NULL
NULL

PARANÁ, UMA PEDREIRA INDIGESTA
 

MUITO fácil fazer as contas de somar, a mais elementar de todas elas. Doze pontos, quatro vitórias, Ceará estará no caminho do Brasileirão.
 

DETALHE extremamente salutar. Esses doze pontos serão disputados em casa, dentro do Castelão. Pode haver vantagem maior?
 

PARANÁ, adversário de hoje, mesmo em horário indigesto, 19h30min, não impedirá presença de público acima de 30 mil.
 

AQUELA manifestação de quase dois mil torcedores na chegada de delegação, forte indício positivo. Dado o recado, linha direta.
 

BRIGA comprada pra chegar à Série A, tudo a ver, tangida pela motivação, acima dela rivalidade, com chegada do rival à Série B.
 

PRENUNCIA-SE bom jogo, independente do horário. Paraná está um degrau acima do Ceará, que está rosnando-lhe o pescoço.
PARANÁ não chegou a esta posição por obra do acaso. Foi amealhando pontos importantes. Ceará seguiu-lhe as mesmas pegadas.
 

NESTA fase aguda da Série B, onde menor vacilo poderá ser fatal, especialmente pra Ceará e Paraná, que disputam com unhas, dentes e garras afiadas quem fica com a prenda maior do acesso.
[FOTO1] 

OLHAR DE LINCE
 

O SE Chamusca resolver mexer na dupla Richardson e Raul, jogando por telepatia, que mancada dará. Dará?
 

O TREINO secreto dos dois lados. Vovozão nem tanto. Mas PV, edifícios olhando pro campo, espiões alvinegros serviram-se à vontade.
 

O PARTICULARIDADE: Paraná não tem grandes nomes, contudo, modelo tático, um por todos, todos por um.
 

O AUSÊNCIAS no Alvinegro hoje, claro, Éverson fará maior falta. FH, chegado a presepadas, é um temor.
 

O ACREDITEM. Toda Série B, Ceará é melhor visitante, sete vitórias. Como mandante, a prosa muda o rumo.
 

QUEM DISSE?
 

MAIOR público de todas as séries ficou com o Fortaleza, 43 mil. /// DE duas uma. Ou Castelão encolheu ou torcedor engordou. /// POR QUE Hiago corre tanto, pros dois lados, e não consegue acertar uma? /// ZAGO, tudo bem, reconheceu a derrota. Só não teve humildade de reconhecer que levou nó tático do Flávio Araújo. 

 

SEM papas na língua Francisco Neto, vice do Ferrão, no meu Trem das 5: ”Não sei se Rabello foi pra outro time. Mas se foi, azar o dele... “NÃO vou adular ninguém pra jogar no Ferrão... “ERA Oliveira Canindé meu técnico. Aí ele disse ‘Tenho proposta do Treze maior’. Respondi ‘então vá’... “SE Mauro Carmélio conseguiu algo por Nordestão, esse dinheiro ainda não caiu na Barra”  

ALAN NETO

TAGS