PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Quem não mata...Morre

2017-07-24 01:30:00
NULL
NULL

VITÓRIA TRICOLOR, ALIVIA BARRA


CEARÁ tinha tudo pra deslanchar diante do Goiás. Acabou perdendo (1x0). Tinha tudo pra amanhecer no G-4. Desceu três posições ficou mais distante do desejado.


TUDO isso, claro, na teoria dos otimistas exagerados. Bola rolando, a teoria entorta o rabo da prática. Futebol é exatamente bom por causa dessas surpresas.


GOIÁS, por exemplo, vinha em queda e em crise. Contratou técnico de ponta que estreou justo contra o Ceará. Não foi por falta de aviso aqui.

Técnico novo, jogador come até a grama pra marcar presença.


PLACAR, contudo, não fez jus à história do jogo. Tudo bem, nada contra. Desde o tempo de Adão e Eva ou da pré-história, o que vale é o que ele registra no final. O mais é rosário de lamentações e chororô.


SE Ceará perdeu carrada de chances, incompetência dos seus atacantes. Se perdeu pênalti, quem mandou o Élton atrasar a bola pro goleiro? Se gol do Goiás foi irregular, quem mandou o árbitro não marcar e o Éverson (de novo) sair pessimamente do gol?


RESUMO da ópera. A lei do futebol é como a lei da selva. Quem não
mata... morre.

[FOTO1]

BARRA ALIVIADA


. TEORIA e prática se confundem. Ceará deveria vencer do Goiás aos pandarecos. Perdeu. Fortaleza, em crise, torcedor não levava fé, venceu (2x0) o Botafogo-PB no Amigão.


. VITÓRIA tricolor serviu pra aliviar a barra que estava pesada pros lados do Pici. Se perde era caco de crise capaz de provocar hecatombe.

Venceu e com méritos.


. BOTAFOGO é ruim. Não vem ao caso. Atuava em casa precisando vencer após três derrotas. Perdeu a quarta. Tricolor transferiu sua crise de armas e bagagens pro Belo.


. GRANDE nome do jogo, lateral-esquerdo Bruno Melo. Autor dos dois gols. Primeiro de cabeça com estilo. Segundo de pênalti na maior categoria. Bruno é das bases, mas só se firmou porque não havia outro de fora pro seu lugar. E dali não sai mais.


PONTA DE LANÇA


POR QUE o Pio não bateu o pênalti contra o Goiás? Ora, ora, porque o Élton não deixou e brá. E quem no time manda é ele ///DUPLA Lúcio Flávio e Paulo Sérgio bateu cabeça. Mas podem dar certo se continuarem juntos /// NINGUÉM entendeu Ricardinho no banco se ele é melhor dez vezes do que o Lelê e o Cafu juntos /// ÉVERTON jogou o tempo todo e foi nele o pênalti que sacramentou vitória do Fortaleza.

Aos poucos vai voltando ao seu bom futebol /// PÚBLICO no Castelão decepcionante. Não é fácil concorrer com o Fortaleza e o Halleluya, este a 10 quarteirões do Castelão....

Adriano Nogueira

TAGS