PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Em apenas oito minutos, Ceará não fez mais que obrigação

2017-04-17 01:30:00
NULL
NULL
OBRIGAÇÃO DO CEARÁ ERA VENCER

CEARÁ só precisou de oito minutos pra vencer (2x0) o Guarani-J. Não fez mais do que sua obrigação. Qual a surpresa, então? Como manda o figurino da lógica.


VITÓRIA podia ter sido construida, ainda no primeiro tempo, se Magno Alves não tivesse perdido dois gols feitos. Um deles tentou de pé esquerdo que é cego.


DETALHE relevante. Nos dois gols perdidos ele estava cara a cara com o goleiro, bem ao seu feitio. Não invalida a sua boa atuação, mais uma vez o melhor em campo.


VISÍVEL que o Guarani-J montou sistema pra tentar vencer no contra-ataque. É o manjadinho quando um pequeno enfrenta um grande fora do seu terreiro.


AO resolver buscar a vitória no segundo tempo, tirando duas nulidades em campo (Caucaia e Victor Rangel), o Ceará encontrou fácil o caminho da vitória.


QUANDO até o Lelê faz gol! Por aí, tirem as conclusões. Do Magnata só teve trabalho de empurrar pras redes. Guarani é de uma nota só. Basta colar no ótimo Adenílson e o time não anda. A vitória foi só uma questão de tempo. Oito minutos.


RETRATO FALADO

. RICARDINHO entrou de saída, aguentou bem. Só precisa voltar a jogar o futebol que sabe. Virá com o tempo. Qualquer um, ali, no lugar do Felipe Menezes é melhor.

 

. COMO carece de um atacante que balance as redes o time do Ceara. Víctor Rangel é menos um. O que entrou no seu lugar, alguém lembra sequer o nome dele?


. TRÊS chances que teve, pra fazer seus preciosos lançamentos, o ótimo Adenílson deixou os atacantes do Guarani na cara do gol. Não fizeram por ruindade.


. QUER dizer, então, que o Ricardinho peitou um adversário, chutou a bola pra longe nem um cartão recebeu? Foi o único deslize do árbitro Wladieryson.


. DEBAIXO das traves, Éverson não é bom. É excelente. Quando resolve sair, como fez em duas ocasiões, é um Deus nos acuda. Falta-lhe reflexo, sobra-lhe afobação.


. NÃO que o Richardson tenha feito falta, mas é que o Jackson Caucaia é limitado em tudo. Menos mal que tenha cumprido a missão de carrapato na cola do Adenílson.


. QUANDO partiu pra tentar a vitória, Givanildo lançou mão de quatro atacantes. Ops! Apenas dois foram vistos. Pedro Ken, se Givanildo insistir mais com ele, pode até ser.


. MAGNO Alves saiu da marca dos 100 gols, agora tem 101. É o artilheiro do Ceará e o vice do campeonato. Quem sabe, sabe. Quem não sabe, como o Rangel, devia bater palmas.


PONTA DE LANÇA

PÚBLICO fraco. Já se esperava. Serve pra que o segundo jogo se todos sabem que o terceiro resolve tudo? /// PRA completar, diretoria comete a burrice de cobrar R$ 40 e 20. Preferível ver pela tv, ao vivo, em cores e de graça /// GIVANILDO continua invicto no cargo, sete jogos. Pra time engrenar, falta apenas um 9 e um 8 pelas beiradas. Onde achá-los, eis a questão...


FORTALEZA e Ferrão decidem primeiro finalista, quarta. Ceará, com a vitória de ontem, falta só carimbar. Não é o Guarani-J que lhe mete medo. O buraco é mais embaixo. Ou seja, esperar pelo resultado de Fortaleza e Ferrão. Qual deles cara-pálida? Depois eu conto...

Adriano Nogueira

TAGS