PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

O Porquê de tanta refeição

2017-02-14 01:30:00
NULL
NULL
CACHIMBO DA PAZ NÃO FUNCIONOU

JORGE Mota, que finalmente deu o ar da graça sexta-feira em coletiva, fez apelo à torcida do Fortaleza pra que fumasse o cachimbo da paz.


ONDE quis chegar? Que os torcedores dessem uma trégua ao técnico Hemerson Maria, rejeitado por dez entre dez torcedores. Em vão. Entrou num ouvido, saiu no outro.


APÓS o jogo de domingo, apesar da vitória tricolor diante do fraco Moto Club-MA, Jorge outra vez foi tentar aplacar a ira dos torcedores.


DE novo, em vão. Quanto mais apelava os gritos trovejavam ”Queremos treinador”. Jorge perdeu a calma e apelou. Ninguém é de ferro.


PERGUNTA-SE o porquê de tanta rejeição ao Maria em questão desde quando a bola rolou. A resposta já foi dada aqui várias vezes.


VALE repeti-la pela enésima vez. Erro é de origem. Na repetição dele como treinador, quando a torcida esperava time novo, técnico novo.


NÃO colou aquela desculpa de que Hemerson não teve culpa no mata-mata pois pegou o bonde andando, entrando no sacrifício. Não pegou nem colou. Nem a torcida engoliu.


ANTES não tivesse aceito ou a dose não fosse repetida este ano. Torcedor tem memória de elefante. Ele não esquece fracassos. Infelizmente, a última pecha não ficou com o fujão Marquinhos, sim com ele. Mais explicado impossível.


EMENDAS & SONETOS

. SEM querer desmerecer o autor da ideia, mas aquela camisa cordel, de tão confusa que é, não empolgou.

 

. ATÉ o escudo é encoberto. As cores são confusas. Arte de complicar o simples, saiu pior a emenda que o soneto.


. NA cabeça do torcedor é difícil entrar cores confusas porque ele só aceita a tradicional. E estamos conversados.


. CONTEI nos dedos só cheguei até dez a cor pink nas chuteiras dos jogadores domingo. Virou a cor da moda.


PONTOS POSITIVOS

... LOGO cedo, ainda bem, já surgiram as duas primeiras revelações do Campeonato. Rafinha, das bases do Ceará, em Itapipoca, deu uma carretilha desmoralizante num adversário, além do gol.

 

... FORTALEZA, Wesley, pinçado das bases. A cada jogo o garoto revela personalidade. Verdade verdadeira. Tanto Rafinha quanto Wesley são melhores do que outro vindo de fora que jogou ali.


... LEMBRA sabedoria de José Raymundo Costa, meu pai no jornalismo. Vale repetir:”Jogador de base precisa ser testado cinco vezes no time principal sem tirá-lo de campo. Se na quinta não acertar pode mandar embora”. Guiado na lição primorosa, Moésio Gomes formou famosa Escolinha do Moésio e foi bicampeão.


QUEM

diria! Agora foi a vez de Sérgio Alves ser dispensado. Três derrotas seguidas foram fatais para um Tiradentes sob seu comando ter começado tão bem. Fato de jogar ofensivo sempre foi faca de dois gumes para um time que tem limitações técnicas como o Tiradentes. A tentativa foi boa. Na prática não funcionou

ALAN NETO

TAGS