PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Primeira zebra com muita vaia

2017-01-30 01:30:00
NULL
NULL

CEARÁ VENCE GUARANY APERTADO


HORIZONTE não tinha vencido ninguém, fona do campeonato, até aparecer o Fortaleza na sua frente. Presumia-se goleada tricolor. E o que se viu? Vitória do Horizonte (1 a 0), primeira zebra e tome vaia. De novo? Já virou costume e rotina.


DESDE que a bola começou a rolar no campeonato não há um jogo em que o Tricolor não seja vaiado. Exceção feita à vitória no clássico com o Ceará. Depois daí voltou a desaprender a jogar bola.


ONTEM, no Domingão, voltou a quebrar a bola, atuou abaixo da crítica, correu o risco de perder até de mais. O que faz o Tricolor jogar tão ruim? Um bando de jogadores medíocres, desentrosados, time sem modelo tático. Um horror!


HORIZONTE estreou novo técnico, Leandro Campos, veterano no ramo. Esperava-se seu time em desespero diante de um adversário supostamente superior fosse apelar pra retranca. Qual nada! Ele ousou um 4-3-3 pra buscar a vitória e a reabilitação. Conseguiu as duas coisas.


GOL do experiente Isac foi um primor. Driblou até o goleiro, só não entrou com bola e tudo em respeito ao adversário, evitando desmoralização maior. Aliás, não fora Boeck, placar teria chegado aos três. A primeira zebra, debaixo de vaia, como a história do primeiro sutiã, ninguém esquece...

[FOTO1]

 

OLHO CLÍNICO


. CASTELÃO, Ceará venceu o Guarany-S por 2 a 1. Pra segurar a vantagem o Alvinegro recuou todo time no segundo tempo apelando pro contra-ataque.


. VITÓRIA que ao torcedor não convenceu, valeu pelos três pontos. Ceará do primeiro tempo foi um. O do segundo tempo, medroso, apático, opaco.


. SE o Guarany não fosse tão limitado tecnicamente podia ter empatado. Time sobralense na linha de frente só tem Luiz Carlos, autor do gol.


. ALIÁS, pra desespero da torcida alvinegra, que o odeia, e recíproca é verdadeira. Tanto que ao balançar as redes ficou gozando com os torcedores.


. SE querem uma verdade, lá se vai. Luiz Carlos, como goleador, ainda é melhor do que qualquer um dos atacantes do Ceará, incluso o inexistente Rafael Costa.


PONTA DE LANÇA


LÉO Simão bateu recorde de cartões. Árbitro que se blinda por trás de cartões pra se impor não vai a lugar nenhum. /// RICHARDSON, expulso no primeiro tempo, saiu xingando todo mundo. Inclusive o...deixa pra lá. //// AOS berros Dal Pozzo repetia “Segurem esta bola aí atrás, pelo amor de Deus”./// I

 

FESTIVAL

de chuteira pinks em campo. Até as luvas do goleiro Éverson. Um festival multicolorido.

 

ASSISINHO

é o novo reforço do Ferrão para o campeonato. Passe livre na mão, passagem opaca pelo CRB, foi fácil Walmir Araújo fisgá-lo. Se reaprender a jogar futebol ajudará o Ferrão. Já imaginaram um ataque Assissinho, Mota e Maxuell como não será? O time continua invicto, apesar do empate com o Guarany-J. Se ganhar moral pode fazer muitos estragos

 

Adriano Nogueira

TAGS