PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

O poder do tantra

| BENEFÍCIOS | Trabalhar a energia sexual é, para terapeutas tântricos, a chave para solução de problemas sexuais de cunho físico e psicológico

01:30 | 12/03/2018

O CASAL Rodrigo Francioli e Magna Prem, terapeutas do Centro Metamorfose em Fortaleza FÁBIO LIMA
O CASAL Rodrigo Francioli e Magna Prem, terapeutas do Centro Metamorfose em Fortaleza FÁBIO LIMA

Há três anos, a empresária Jeanne Facundo, 44, teve indicação ginecológica de iniciar um tratamento com hormônios para tratar a falta de lubrificação vaginal, mas se recusou. Era um momento difícil: fim de um relacionamento frustrado, recente cirurgia no aparelho reprodutor e depressão. “Em vez disso, minha psicóloga me indicou começar uma terapia tântrica”, relembra. De lá pra cá, Jeanne recuperou completamente a sexualidade que julgava 

“morta” e chega a ter 20 orgasmos em uma sessão tântrica.

 

O caminho não foi fácil. Ela conta que, sem saber o que esperar da terapia, as primeiras sessões, longe de serem prazerosas, lhe causavam choros compulsivos. Apenas na quinta sessão começou a sentir leves arrepios. “Persisti porque logo depois da primeira vez, senti como se voltasse a ovular, e a lubrificação, que era a minha queixa inicial, melhorou”, relembra. Em três anos, Jeanne participou de seis cursos de iniciações tântricas e rotineiramente encontra-se com um grupo de 25 pessoas que se reúnem para praticar a terapia com trocas de massagem.

“Eu estava muito bloqueada, totalmente morta sexualmente. O tantra renasceu minha sexualidade, aprendi a ter, respeitar e aceitar o prazer. Para além das sessões de terapia, me tornei uma pessoa mais amorosa, acolhedora e passei a não ver mais sentido em relações mecânicas”, relata.

Segundo o terapeuta tântrico Rodrigo Francioli, o perfil de Jeanne não é incomum entre as mulheres que procuram a terapia tântrica. “A gente atende mulheres, não importa a idade, que nunca tiveram orgasmos na vida, que fingiram orgasmos a vida inteira no casamento. Ou que chegam à terapia como forma de superar traumas sexuais - que foram abusadas. A maioria das mulheres procuram a terapia como um indicação de resolver questões sexuais, enquanto os homens, a maioria das vezes, procuram para experienciar”, conta.

Com trabalho recente em parceria com a terapia tântrica, o psicólogo clínico José Amaury de Castro Sousa Júnior acredita que homens e mulheres podem se beneficiar do tantra como forma de terapia complementar. Vaginismo (dificuldade de tolerar penetração), dispareunia (dor durante ao ato sexual), anorgasmia (ausência ou dificuldade de sentir orgasmo), nas mulheres, e impotência e disfunção erétil e ejaculação precoce, nos homens, podem ter seus fatores psicológicos e até físicos tratados com a terapia tântrica, aponta o psicólogo.

Conforme a terapeuta tântrica Magna Prem, isso se dá devido o trabalho realizado na energia sexual, que pode ser desbloqueada e é levada a fluir pelo corpo. “Com a yoni (vagina) funcionando normalmente, os fluidos e a lubrificação também se normalizam, os problemas com cólicas menstruais podem diminuir, no caso dos homens é trabalhada a ansiedade, e também fortalecida a musculatura do períneo, que dá maior sustentação a ereção. De modo geral, os hormônios são movimentados, melhora desempenho sexual, potencializa a libido, restaura a confiança e alegria de viver, porque o orgasmo faz a gente se sentir viva, empoderada; tonifica músculos sexuais, revigorando-os”, enumera.

O número de sessões para obter cada um dos benefícios varia de pessoa a pessoa, assim como também o avançar de cada fase das massagem. Mas os terapeutas garantem que, por se tratar de um trabalho corporal, os resultados não demoram a aparecer. “Quimicamente, a terapia faz fluir em seu corpo ocitocina, serotonina, endorfinas que são hormônios de bem-estar, felicidade, bom sono. E o mais importante é levar o residual de cada sessão para a vida cotidiana. Esse é o principal, o grande alicerce”, detalha Francioli. (Domitila Andrade)

 

 

 

 

SERVIÇO

Osheanic

Onde: avenida 13 de Fevereiro, 3059 - Prainha - Aquiraz

Telefone: (85) 3113 1821

Centro Metamorfose

Onde: rua Manoel Firmino Sampaio, 258 B - Guararapes - Fortaleza

Telefone: (85) 98183 3388

Mais informações: instagram @magnapremtantra e @rodrigofrancioli.terapeuta