PUBLICIDADE
Jornal

Dormir faz tão bem!

ALIMENTO é rico 
em albumina
ALIMENTO é rico em albumina (Foto: DIVULGAÇÃO)

1 Dormir bem é um dos pilares da vida saudável. Ter um sono reparador em qualidade e quantidade é peça chave para ter um envelhecimento com saúde. Pessoas que dormem mal ao longo da vida apresentam mais chance de desenvolver doenças crônicas, bem como de agravar doenças preexistentes.

2 O sono é tão importante para nossa saúde que especialistas da Associação Brasileira do Sono (ABS), Associação Brasileira de Medicina do Sono (ABMS) e Associação Brasileira de Odontologia do Sono (ABROS) realizam atividades neste mês de março, em comemoração ao Dia Mundial do Sono (15 de março).

3 A campanha mundial "Dormir Bem É Envelhecer com Saúde" visa chamar atenção para os problemas de sono na população, promover prevenção e orientar o correto manejo de distúrbios do sono. "O envelhecimento da população mundial e a maior ocorrência de distúrbios do sono e de doenças específicas. O aumento da idade faz com que o tema da campanha seja de extrema importância", ressalta a pneumologista e médica do sono Lia Belchior.

4 A médica diz que as pessoas devem estar atentas para sinais e sintomas de alterações do sono. "O tempo necessário de sono depende da idade e de algumas variações individuais. Devemos evitar a privação de sono, dormindo o tempo adequado para acordar dispostos, em média de 7 a 8 horas de sono para a população adulta", indica.

5 E vários fatores podem influenciar e perturbar o sono, como a menopausa, dor, doença crônica (física ou metal), medicações, trabalho de turno, entre outros. "Temos também que estar atentos para sinais de distúrbios específicos do sono, como dificuldade para iniciar ou manter o sono, sono fragmentado e despertar precoce, os quais podem sugerir insônia", alerta a especialista. E atenção para o ronco alto frequente e para a sonolência diurna excessiva que podem ser sinais da síndrome da apneia obstrutiva do sono.

6 Existem exames específicos para a avaliação do sono, como a polissonografia. "Exame que verifica inúmeras variáveis fisiológicas durante uma noite de sono. E, uma vez detectada alguma doença, o paciente pode buscar ajuda especializada que é fundamental", conclui a pneumologista e médica do sono Lia Belchior.

POR ROBERTA FONTELLES PHILOMENO

TAGS