PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

18 famílias foram realocadas no Crato

Após deslizamento.

06/04/2019 05:53:47

Pelo menos 20 famílias tiveram de sair de suas residências após deslizamento de terra no bairro Seminário, no Crato, na quinta-feira, 4. De acordo com a secretária da Assistência Social do município, Edivania da Costa, 18 famílias foram realocadas por meio do aluguel social de R$ 400 disponibilizado pela prefeitura. Não há previsão para o retorno dos moradores afetados, já que a área foi considerada de risco pela Defesa Civil da cidade.

"A infraestrutura está trabalhando para conter, mas ainda não há segurança de que não vai mais desabar", afirmou Edivania à Rádio CBN Cariri. Segundo ela, as famílias devem receber apoio de psicólogos, assistentes sociais e suporte de outros programas da Prefeitura. O deslizamento aconteceu após chuva de 130 milímetros (mm). Uma senhora de 60 anos estava em casa na hora do acidente e ficou levemente ferida.

Além do deslizamento, o canal do Rio Granjeiro transbordou nas ruas do Centro do Crato. Depois do nível da água baixar, uma camada espessa de lama ficou nas ruas. Mesmo após a limpeza feita pela prefeitura, ainda resta grande quantidade de poeira na avenida José Alves de Figueiredo. O comércio da região não parou. As enchentes foram registradas nos bairros Seminário, Novo Crato e Vila Alta.

A Enel afirmou que o fornecimento de energia na encosta do Seminário foi restabelecido. Um poste que havia sido danificado foi retirado ainda na quinta-feira. Já o serviço de água e esgoto, que tinha sido suspenso após a enchente, também foi normalizado. (Colaborou Bruna Vieira/ Rádio CBN Cariri)