PUBLICIDADE
Jornal

Canindezinho deve receber centro cultural

| contrapartida | Terreno veio em troca da flexibilização de parâmetros urbanísticos

Um centro cultural será construído este ano na avenida Osório de Paiva, no Canindezinho, próximo ao supermercado Atacadão. O equipamento deve ser erguido em terreno cedido pelo Atacadão para a Prefeitura ainda como contrapartida da empresa à flexibilização de parâmetros urbanísticos que possibilitaram a construção da unidade dois anos atrás.

O centro, segundo a Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) da Capital, será gerido pela Rede Cuca. A licitação para a construção está em andamento desde o último 28 de dezembro.

Segundo a Prefeitura, o centro cultural teria sido elegido como prioridade pelos moradores do bairro. O acordo entre a empresa e o poder pública também estabelecia que o Atacadão custeasse um plano de arborização e programas de educação ambiental e coleta seletiva, além do alargamento da rua Francisco Saraiva, ao lado do supermercado.

Os programas de educação ambiental e de coleta seletiva do lixo já estariam em andamento desde 2017,
segundo a Seuma.

O órgão admite que o plano de arborização, no entanto, deve começar somente a partir deste ano.

O POVO procurou o supermercado Atacadão, mas a assessoria de imprensa da empresa informou somente, por meio de nota, que já cumpriu junto ao executivo municipal "o compromisso de melhorias urbanas solicitadas e relacionadas à construção de sua loja situada no
bairro Canindezinho".

TAGS