PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Ceará teve 4.518 assassinatos em 2018

2018 é o segundo ano mais violento da história do Estado, fica atrás de 2017

01:30 | 11/01/2019
Segundo ano mais violento da história do Ceará, 2018 terminou com um total de 4.518 assassinatos registrados no Estado. Os números de dezembro fecharam em 328 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), segundo levantamento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

A estatística é menor se comparada com 2017, o ano mais violento do Ceará, quando foram assassinadas 5.133 pessoas. Assim, a variação é de uma queda de 11% no número de homicídios.

O balanço tem resultado ligeiramente maior que o terceiro ano mais violento da história do Estado, 2014, que encerrou com 4.439 mortes. Os indicativos são contabilizados pela SSPDS.

Comparando apenas os números de dezembro, os assassinatos caíram 27,8% ante a 2017. Naquele ano, 454 pessoas morreram no último mês do ano, enquanto em 2018 foram 328.

Dezembro foi, portanto, o nono mês consecutivo de diminuição no índice de homicídios monitorado pela secretaria.

Na coluna publicada no dia 17 de dezembro no O POVO, o jornalista Thiago Paiva  já trazia uma análise sobre os números de homicídio do ano passado e antecipava que haveria a redução de 11% (para ler a análise, acesse).

"A redução anotada em 2018 é positiva com relação a 2017, mas desastrosa se comparada a todos os períodos anteriores. O patamar a ser perseguido, portanto, deveria ter sido outro. De 2015, talvez", comentava Thiago Paiva no texto publicado no mês passado. 

Números

11% É a redução do número de homicídios no Ceará em 2018 em relação a 2017

MATHEUS FACUNDO