PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

AMC realiza controle de tráfego próximo a escolas

| volta às aulas | É feita fiscalização para evitar infrações comuns, como estacionamento em local proibido e em fila dupla, e garantir que o trânsito flua de forma adequada

24/01/2019 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]

Os filhos voltam às aulas com ansiedade pelos novos colegas, aulas e professores. O desafio que os pais enfrentam para deixar as crianças e adolescentes no local de estudo, porém, é velho conhecido: o trânsito. Para evitar engarrafamento, garantir a travessia segura de pedestres e coibir infrações comuns a essa época do ano, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) intensificará o controle de tráfego durante as três primeiras semanas letivas nas principais escolas de Fortaleza. Ontem, equipes do órgão estavam nos colégios Ari de Sá Cavalcante Aldeota, Santa Cecília e Antares Praia de Iracema.


Durante as três semanas, a AMC visitará três escolas por dia no período entre 6h e 8 horas e entre 11h e meio-dia. Por volta das 7h30min, já depois do horário das aulas, 7h20min, ainda havia fila de carros para entrar no estacionamento do Ari de Sá na manhã de ontem. Alguns alunos ainda chegavam e pais que haviam chegado mais cedo para deixar as crianças mais novas no primeiro dia de aula estavam saindo. O trânsito fluía relativamente com tranquilidade em comparação ao horário de maior fluxo, às 6h30min. Agentes da AMC organizavam a travessia na faixa de pedestre da rua Monsenhor Catão.


A funcionária pública Aline Coutinho diz que não teve problemas para deixar Amanda, 6, e Ryan, 12, para o primeiro dia de aula. Ela chegou mais cedo, por volta de 6h40min, para que tivesse mais tranquilidade. ?Tentei chegar mais cedo, sempre saio mais cedo, todo ano um pouquinho mais?, afirma. A advogada Anamaysa Santos, 38, também se precaveu para deixar Davi, 6, na escola. ?Consegui estacionar bem fácil, tive sorte, consegui um lugarzinho bem perto da escola?, comemora. Segundo ela, o trânsito fluiu com naturalidade e ela sequer percebeu a presença dos agentes da AMC.


O POVO visitou os colégios Santa Cecília e Antares Praia de Iracema entre 11h e  meio-dia. Às 11 horas não havia agentes da AMC e nem movimentação de alunos e pais nas redondezas da escola. Um porteiro do colégio informou que os estudantes só sairiam das aulas 12h30min. A assessoria da AMC disse que equipes da autarquia não estavam lá porque haviam parado no meio do caminho para atender uma batida de carro, mas afirmou que outro veículo estava a caminho.


No Antares Praia de Iracema carros faziam fila e, às vezes, paravam em fila dupla, fazendo com que houvesse muito barulho de buzinas. Também não havia equipe da AMC no local. Uma pessoa da portaria informou que os agentes haviam chegado 11 horas e saído cerca de 20 minutos depois, pouco antes de a reportagem chegar. Para pais de alunos, a movimentação estava tranquila se comparado ao dia anterior, que havia sido o primeiro dia de aula.


A publicitária Dolores Milen, 42, teve dificuldades para deixar Gabriel, 10, no colégio na última terça-feira, 22. ?A rua aqui tava intransitável. Hoje tá tranquilo, mas ontem tava bem caótico?, comenta. Ela acredita que a mudança tenha se dado pelos agentes da AMC durante a manhã. A autônoma Júlia Mesquita, 70, conta que se impressionou ao ver a mudança do quadro do trânsito ontem pela manhã quando foi deixar seus netos Flora, 7, e Sebastião, 8, no segundo dia de aula. ?Ontem você não se entendia. Eu levei da avenida Monsenhor Tabosa para cá [cerca de 270 metros de distância] 20 minutos, eu já tava desesperada?, afirma.


O supervisor de operações da AMC Ricardo Jorge aponta que é comum que sejam cometidas muitas infrações, como estacionamento irregular, uso de celular ao volante, falta do uso de cinto de segurança e de equipamento adequado para transporte de crianças. Além de ameaçar a segurança dos alunos, tais violações atrapalham o trânsito, causando engarrafamento. ?A operação é para que os pais possam deixar os filhos na escola e possam seguir no dia a dia?, resume.


O profissional indica que, para evitar transtornos no trânsito, é importante que os pais se preparem com antecedência para que o desembarque seja mais fácil. ?A gente observa que muitos pais param o carro, descem, vão abrir porta malas para tirar material. Isso demanda mais tempo e causa transtornos para o trânsito?, aponta. Ele também recomenda que os responsáveis procurem vagas para parar o carro um pouco mais longe, não necessariamente na entrada. ?As escolas têm segurança, dá pra descer mais longe e vir a pé?, explica.

HELOISA VASCONCELOS

TAGS