PUBLICIDADE
Jornal

Operação do corredor expresso da Aguanambi interrompida temporariamente

| Transporte público | Suspensão da operação se deve aos ataques em Fortaleza

CORREDOR expresso da Aguanambi, em operação normal, deve ter nove linhas circulando
CORREDOR expresso da Aguanambi, em operação normal, deve ter nove linhas circulando (Foto: AURELIO ALVES)

A incerteza sobre possíveis novos ataques a ônibus em Fortaleza fez pausar temporariamente a operação assistida do corredor expresso da avenida Aguanambi. Até a semana passada, estavam em funcionamento duas das nove linhas de transporte coletivo previstas para trafegar exclusivamente pelo corredor.

À época da entrega das estações, há duas semanas, a Prefeitura havia dito que a inserção das linhas restantes seria feita de forma gradativa até o fim do mês.

Embarque e desembarque das linhas 026 (Antônio Bezerra/Messejana) e 226 (Expresso Antônio Bezerra/Messejana) estão sendo feitos, por enquanto, pelos abrigos convencionais da avenida. Não há ainda estimativa de retomada da operação, segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

O que se sabe é que, assim como foi dito há duas semanas, as sete linhas restantes devem ser inseridas progressivamente após a conclusão da fase assistida.

Antes mesmo do início dos atentados na Cidade, há uma semana, as duas praças que completam o pacote de requalificação da Aguanambi continuavam em obras, apesar da inauguração feita pela Prefeitura no dia 28 de dezembro. A situação deve permanecer pelo menos até o fim deste mês de janeiro.

Faltam, de acordo com a Secretaria da Infraestrutura do Município (Seinf), intervenções de paisagismo, irrigação e iluminação, além da urbanização e da instalação de contêineres na praça reformada em frente à sede do Grupo de Comunicação O POVO (GCOP).

Na semana passada, o coordenador de Planejamento da Etufor, Miguel Guimarães, havia dito ao O POVO que a operação assistida do corredor expresso da Aguanambi serve, principalmente, para avaliar a necessidade de correções de automação nas estações. Ele estimava que todas as nove linhas já estariam, ao fim desta semana, em pleno funcionamento.

Além das linhas 026 e 226, devem passar pelo corredor expresso as linhas 073 (Siqueira/Praia de Iracema), 078 (Siqueira/Mucuripe, aos fins de semana), 600 (Messejana/Frei Cirilo/Expresso), 609 (Cidade dos Funcionários/Sítio São José), 649 (Cidade dos Funcionários/Sítio São José /CMR), 650 (Messejana/Centro/BR Nova/Expresso) e 660 (Conjunto Palmeiras /Centro).

Luana Severo

TAGS