PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Sem orientação a motoristas, desvio para obras do Anel Viário causa transtornos

| Acesso a Maracanaú |

01:30 | 06/12/2018

PARA QUEM vem de Fortaleza ou Caucaia, acesso a Maracanaú está sendo feito pela avenida Parque Norte 2
 Mauri Melo
PARA QUEM vem de Fortaleza ou Caucaia, acesso a Maracanaú está sendo feito pela avenida Parque Norte 2 Mauri Melo

Para viabilizar a conclusão das obras de duplicação do Anel Viário no trecho entre a fábrica Durametal e a rotatória a CE-060, a rua Parque Norte Sul, que dá acesso a Maracanaú, foi interditada ontem. Com o fechamento da via, os motoristas que queriam acessar o município da Região Metropolitana de Fortaleza tiveram que usar a avenida Parque Norte 2. Esse desvio ocasionou um grande congestionamento.

 

Pela falta de orientações aos motoristas num trecho de fluxo intenso de veículos, a passagem para qualquer lado da rodovia acabou dificultada. Para o construtor Ribamar Félix, a complicação para transitar pelo 4º Anel Viário "não é de hoje". "Faz uma hora que estou tentando fazer um trajeto que deveria levar 20 minutos. Não tem ninguém para controlar a passagem dos carros, por isso o trânsito fica parado assim".

 

Durante os 40 minutos em que a reportagem do O POVO esteve no local, a única tentativa de controle do tráfego partiu de dois funcionários de uma empresa de ônibus de Maracanaú. Ambos afirmaram que, inicialmente, a ação era apenas para tentar melhorar a passagem dos veículos da empresa para que não houvesse tanto atraso na circulação da frota, mas, ao chegarem ao local e verem toda aquela "confusão", decidiram ajudar de alguma forma. 

 

"Chegamos aqui às 6h30min e desde então nenhum órgão veio para tentar organizar o fluxo de veículos", afirmou Josenir Queiroz, supervisor da empresa.

 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), órgão responsável pela sinalização do desvio, afirmou, que "o projeto para o qual fomos solicitados (desvio) estava sinalizado", mas que devido ao intenso congestionamento uma equipe seria mandada para analisar se a sinalização seria suficiente ou não.

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) comunicou, também por meio de sua assessoria, que viaturas tinham sido enviadas ao local, mas que, por causa da demanda de ocorrências, o policiamento não teria chegado o trecho antes das 10 horas da manhã.

 

Prazo

 

A previsão da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) é que as obras nesse trecho sejam concluídas até o fim de janeiro de 2019.

ADRIELY VIANA