PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Voluntários levam alimento para quem não tem lar

25/06/2019 06:43:26

Cumprindo a tradição de, na noite da véspera de Natal, distribuir comida para quem não tem lar, muito menos o que comer para cear, grupos de voluntários se organizaram e foram a algumas das principais praças do Centro de Fortaleza prestar solidariedade. Na mais conhecida por abrigar pessoas em situação de rua, a Praça do Ferreira, o grupo Queira Bem distribuiu em torno de 600 garrafas d'água, 400 quentinhas, 200 pães e 100 brinquedos.

"É muita necessidade de água", constatou a analista de recursos humanos Andressa Monaliza Macedo, integrante e idealizadora do grupo Queira Bem. O grupo existe desde 2015 e faz ações sociais sempre em datas comemorativas como Natal, Páscoa e afins. Para os integrantes, cerca de 20, as atitudes retornam em forma de gratidão. "Uma criança dessa feliz, pra mim, é muito melhor que uma ceia farta na minha casa", compartilhou Andressa.

Viviane, uma menina sorridente de dois anos de idade, corria feliz pela Praça do Ferreira e aceitava de bom grado os doces oferecidos pelos voluntários. Sua mãe, Lidiane Lima do Nascimento, 24, disse que, não fossem essas ações pontuais, a noite de Natal da família seria como na maioria dos dias: com fome. "Fico pedindo a uns e outros pra me dar (comida)", comentou a mulher, cuja mãe a abandonou quando ela tinha nove anos e cujo irmão, mataram. "Tô precisando é de um canto pra morar".

Na Praça do Ferreira, havia ainda outro grupo distribuindo alimentos. Perto dali, na praça General Murilo Borges, outras filas, essas mais silenciosas, se formavam para receber comida.

TAGS