PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Círio da Providência busca arrecadar verba para obras do santuário

| FESTA CATÓLICA | Construção acontece desde 2012 e precisa da ajuda de fiéis para ser concluída. Festejos começam hoje e vão até o dia 18

01:30 | 09/11/2018
Para comemorar o dia de Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, o santuário no bairro Cajazeiras promove festejos de hoje até o dia 18. A celebração está na 7ª edição ? culminando sempre no terceiro fim de semana de novembro ? e, neste ano, organizadores esperam pelo menos 10 mil pessoas ao longo de dez dias de evento.

 

A festa é chamada de círio devido às velas acendidas nas procissões que acontecerão todos os dias, no fim da tarde. O termo vem do latim e quer dizer "vela grande". As caminhadas "luminosas" devem sair de cada comunidade que compõe o público da paróquia, carregando uma réplica da imagem da santa até o santuário. Diariamente serão celebradas missas sempre às 19 horas. A programação inclui ainda shows, como da Irmã Kelly Patrícia e da banda Só Pra God.

 

João Paulo Nascimento de Sousa, secretário do santuário, ressalta a meta de arrecadar dinheiro para terminar as obras do local, idealizado pelo sacerdote italiano Alberto Trombini e em construção desde 2012. De acordo com João Paulo, o padre projetou construir o santuário após a imagem da santa que guardava em casa cair no chão sozinha e, mesmo sendo de material frágil, não apresentar nenhum arranhão. Ele interpretou isso como sinal para iniciar as obras.

 

Trombini acabou falecendo por complicações de um câncer e não conseguiu terminar a construção do templo. Desde então, os fiéis buscam verbas para concluir o santuário. "Vamos apostar na venda de comidas na praça de alimentação para conseguir o dinheiro das obras, já que os shows serão gratuitos", afirma João Paulo. O evento também terá espaço infantil com brinquedos.

 

O santuário tem paredes, teto e boa parte da estrutura de concreto prontas. Entretanto, faltam acabamentos. "A igreja deve utilizar somente o dízimo e doações para construir, o que não é fácil", explica o coordenador do Círio da Providência, Luiz Antônio Silva.

 

Durante a missa do último domingo, foi apresentado o manto confeccionado especialmente para a imagem da Mãe da Divina Providência. Luiz Antônio relata que a peça tem detalhes feitos à mão pelo estilista Luiz Langer, de Belém. "Cada desenho tem uma simbologia. A prática é comum em círios de santas como Nossa Senhora de Nazaré e Aparecida". A partir desta edição da comemoração, todos os anos deverá ser feito um novo manto para a imagem da santa.

 

SERVIÇO

 

Santuário Mãe da Divina Providência

Onde: Rua Wanda Sidou, s/n - Cajazeiras

Informações: (85) 3229 3102

Programação: http://bit.ly/festadaprovidencia

ALEXIA VIEIRA